Chelsea faz 1 a 0 no Manchester City e é bicampeão da Champions League

0
12


Em jogaço, Kai Havertz fez o único gol da partida disputada no estádio do Dragão, na cidade do Porto, em Portugal

Reprodução/ Twitter

Quem está acostumado a assistir a Premier League já sabia que a intensidade da partida entre Manchester City e Chelsea, na final da Champions League, seria alta. Neste sábado, 29, os times azuis da Inglaterra fizeram a decisão do torneio mais importante da Europa no estádio do Dragão, na cidade do Porto, em Portugal, e não decepcionaram. A vitória por 1 a 0, com gol de Havertz no fim do primeiro tempo, deu o bicampeonato da Liga dos Campeões ao Chelsea (venceu a primeira em 2012). Esse é o primeiro título do torneio do treinador Thomas Tuchel, que levou o PSG à final da temporada passada, mas perdeu para o Bayern de Munique.

O jogo foi disputado desde o início. O Chelsea perdeu duas grandes chances com Timo Werner antes mesmo dos 10 minutos do primeiro tempo e o City não deixou barato, causando um furor na defesa adversária. Depois dos 15 minutos, os comandados de Guardiola ficaram mais com a posse da bola e fizeram a bola rodar, enquanto o Chelsea apostava na velocidade e teve mais chances claras de gol. Thiago Silva precisou ser substituído aos 39 por lesão e na sequência, a pressão do Chelsea deu certo. Aos 42, Mason Mount fez um passe certeiro para Kai Havertz, que driblou Ederson e marcou o primeiro gol do jogo.

No segundo tempo, o jogo ficou mais tenso. Aos 12 minutos, Rüdiger se chocou com De Bruyne e o belga levou a pior, saindo de campo com o olho inchado e às lágrimas. Precisando do resultado, o City melhorou em campo e começou a assustar mais a meta de Mendy. Aos 22, Mahrez cruzou para a pequena área e Azpilicueta salvou de carrinho. Cinco minutos depois em contra-ataque veloz, Havertz entregou no pé de Pulisic que chutou para fora, perdendo a chance de ampliar. Nos acréscimos, Mahrez chutou de fora da área uma bola que passou raspando a trave. Sem conseguir mudar o placar, o jogo terminou em 1 a 0 com título do Chelsea.





Fonte: Jovem Pan