Paes autorizou amigo fazer prédio onde pai mora em área tombada

29


<div class="media_box full-dimensions460x305">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/2014/12/03/89icuvbhj1_16pei1mv2v_file.jpg?dimensions=460×305" title="Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio " alt="Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio " />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio </span>
<span class="credit_box ">Reprodução/Wikimedia Commons</span>
</div>
</div>

<p>
A Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, é patrimônio da cidade que o ex-prefeito Eduardo Paes decidiu dividir com empresários do setor imobiliário: um deles, amigo e doador de campanha. Na área tombada, foi erguido um edifício de luxo. E até o pai do ex-prefeito tem um apartamento no prédio.</p>

<div class="media_box embed video_box full-dimensionsundefined" data-name="r7">

<iframe width="640" height="360" frameborder="0" marginheight="0" marginwidth="0" scrolling="no" src="https://player.r7.com/video/i/5ef2964d43527f01a00000e7" allowfullscreen></iframe>
</div>

<p>
Por decisão do Conselho Municipal de Proteção do Patrimônio Cultural, a região é tombada. Construir em frente ao espelho d’água só é permitido com autorização da prefeitura.</p>
<p>
O ex-prefeito Eduardo Paes não teve dificuldade para resolver esse problema para a empresa interessada. Em uma canetada, Paes derrubou a restrição e autorizou que um antigo casarão viesse abaixo. Foi em 2012. A autorização foi publicada no Diário Oficial da época. Cinco meses depois a demolição foi autorizada.</p>
<p>
Com o terreno vago não faltaram interessados em construir nesse espaço. Um grupo que reuniu oito empresários de construtoras diferentes assumiu o projeto de um prédio de seis andares.</p>
<p>
Um desses investidores é amigo de Eduardo Paes e um dos maiores doadores de campanhas eleitorais do ex-prefeito.</p>

<div class="related_content">
<h6>Veja também</h6>
<ul>
<li><a href="http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/rj-ex-prefeito-paes-teria-recebido-propina-em-contas-no-exterior-22062020">RJ: Ex-prefeito Paes teria recebido propina em contas no exterior</a></li>
<li><a href="http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/rj-acao-do-mp-contra-paes-pede-devolucao-de-quase-r-105-milhoes-16062020">RJ: Ação do MP contra Paes pede devolução de quase R$ 10,5 milhões </a></li>
<li><a href="http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/rj-iabas-diz-nao-ter-dinheiro-apos-contratos-milionarios-com-paes-15062020">RJ: Iabas diz não ter dinheiro após contratos milionários com Paes</a></li>
<li><a href="http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/bretas-condena-ex-secretario-de-eduardo-paes-a-sete-anos-de-prisao-11062020">Bretas condena ex-secretário de Eduardo Paes a sete anos de prisão </a></li>
<li><a href="http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/rj-escandalo-com-paes-pode-tirar-linha-amarela-da-iniciativa-privada-11062020">RJ: Escândalo com Paes pode tirar Linha Amarela da iniciativa privada</a></li>
</ul>
</div>

<p>
Rogério Chor é um homem forte no setor de empreendimentos imobiliários no Rio.</p>
<p>
Começou vendendo pequenas casas na zona oeste da cidade. Expandiu os negócios até a zona sul, a região mais valorizada do Rio.</p>
<p>
No mesmo ano em que o terreno na Lagoa foi desocupado, Chor foi generoso com Eduardo Paes. O empresário doou do próprio bolso R$ 75 mil para a campanha de reeleição.</p>
<p>
O bom relacionamento entre os dois abriu portas na prefeitura para o empresário. Ele passou a atuar no conselho da cidade que criou um Plano de Desenvolvimento para o Rio que iria receber grandes eventos. A construtora dele teria participado da revitalização do porto do Rio de Janeiro e áreas do centro da cidade.</p>
<p>
<strong>Pai do prefeito comprou apartamento</strong></p>
<p>
O edifício da Lagoa foi legalizado em 2016. Um dos seis apartamentos foi comprado por Valmar Paes, pai do ex-prefeito. Na época, ele teria pago R$ 2 milhões — parte, em dinheiro vivo.</p>
<p>
O imóvel, no primeiro andar, tem 175 m². Valmar Paes é advogado e já estava na mira do Ministério Público do Rio de Janeiro. Ele teria duas empresas no Panamá, um paraíso fiscal. Entre os sócios está a mulher dele, Consuelo da Costa Paes, mãe do ex-prefeito do Rio.</p>
<p>
Somadas, as duas empresas, que teriam capital de cerca de US$ 8 milhões, ou mais de R$ 40 milhões, foram registradas em junho de 2008, como mostram esses documentos que o núcleo de jornalismo investigativo da <strong>Record TV </strong>teve acesso.</p>
<p>
No mercado financeiro, empresas e contas bancárias abertas em paraísos fiscais são chamadas de offshore e seriam usadas para lavagem de dinheiro. Valmar teria fechado as empresas em 2015 e 2019.</p>
<p>
Além de Rogério Chor, o círculo de amizades também incluiria Marco Antonio de Lucca. As empresas dele chegaram à prefeitura em 2008, início da gestão de Eduardo Paes.</p>
<p>
Em quatro anos, a prefeitura do Rio teria pago R$ 730 milhões a empresa de De Lucca. O empresário que fez fortuna com contratos públicos foi preso em 2017 na Operação Ratatouille. Hoje está em liberdade.</p>
<p>
De Lucca foi condenado por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa no esquema comandado pelo ao ex-governador Sérgio Cabral. As propinas pagas pela empresário garantiam contratos para fornecer merenda para escolas e "quentinhas" para presídios do estado. O desvio de dinheiro público chega a R$ 113 milhões.</p>


Fonte: Portal R7