Incêndio em hospital de São Gonçalo deixa morto e feridos

0
21

Incêndio em hospital de São Gonçalo deixa morto e feridosO incêndio que atingiu o Hospital e Clínica de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, na tarde desta quinta-feira (24), deixou um morto e três feridos, de acordo com informações do Corpo de Bombeiros.

O fogo teve início no 5º andar do prédio, no CTI 3 (Centro de Terapia Intensiva), onde havia nove pacientes em tratamento contra a covid-19. Testemunhas disseram ter escutado uma explosão no local.

A vítima fatal, Carlos Santos, de 62 anos, estava internada no CTI. Outros dois pacientes que estavam no mesmo setor ficaram feridos e foram removidos para outra unidade hospitalar. Um funcionário também precisou ser encaminhado ao Hospital de Icaraí, em Niterói, para ser avaliado.

Há informações ainda de que profissionais de saúde que não estavam de plantão retornaram ao hospital para ajudar no socorro às vítimas. A assessoria do Corpo de Bombeiros afirmou que militares foram acionados por volta de 13h20 e que homens de três quartéis atuaram no local.

Alguns pacientes tiveram de ser retirados do prédio e ficaram nas ruas até que os bombeiros controlassem o incêndio, o que ocorreu cerca de duas horas depois. A Secretaria de Estado de Saúde chegou a oferecer o Hospital Estadual Alberto Torres, que fica no mesmo município, para receber feridos em estado mais grave, mas não houve necessidade.

Em nota, o Hospital e Clínica São Gonçalo informou que a brigada de incêndio agiu rapidamente, inclusive para o acionamento do Corpo de Bombeiros. Segundo a assessoria, a ação permitiu que os pacientes fossem realocados em outros setores de internação no próprio hospital, seguindo todos os protocolos de segurança. Apenas o CTI 3 foi isolado. Ainda não foi identificada a causa do incêndio.

Outros incêndios

Em outubro deste ano, o Hospital Federal de Bonsucesso, na zona norte do Rio, teve dois prédios destruídos por um incêndio. As causas são investigadas pela Polícia Federal. Ao menos 18 pacientes morreram após terem sido transferidos da unidade em razão do acidente.

Outra tragédia recente ocorreu no Hospital Badim na Tijuca, na zona norte. Em 2019, um curto-circuito em um gerador no subsolo da unidade provocou um incêndio que deixou 17 mortos, segundo a polícia. Oito pessoas foram indiciadas após a investigação apontar obras irregulares, defeito no sistema de prevenção às chamas e plano de evacuação falho.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]