Homem é preso por roubo a casa de Curitiba e acaba reconhecido por tentativa de estupro

0
10


Um homem foi preso em flagrante pela Polícia Militar (PM) enquanto praticava um furto à residência na tarde desta quarta-feira (17), no Bairro Alto, em Curitiba. Ele, no entanto, também é acusado de tentar estuprar uma mulher na noite do dia 31 de janeiro, no bairro Tarumã. Na delegacia, ele foi reconhecido pela vítima e por uma segunda mulher, que alegou sofrer agressões e uma outra tentativa de roubo do detido.

 

Uma das vitimas vai à Central de Flagrantes realizar a denuncia. Foto: Colaboração

 

Durante a tentativa de estupro, a vítima explicou que havia acabado de sair com o cachorro e acabou surpreendida pelas costas. Segundo ela, o suspeito forçou a mão contra seu corpo e a colocou contra um muro. “Ele não me deu voz de assalto. Então, levou a mão aos meus seios e tentou estourar a minha calça. Naquele momento, eu entendi que era uma tentativa de estupro”, iniciou.

A vítima, porém, reagiu e escapou do estuprador. A mulher explicou que entrou em luta corporal com o rapaz já que ele não sacou nenhuma arma. Além disto, a vítima acreditou que o suspeito estaria estaria sob o efeito de drogas. “Eu arranquei o fone de ouvido que ele estava, o boné, onde eu conseguia pegar. Gritei muito por socorro e tenho certeza que ele estava drogado porque ficou assustado com a minha reação. Felizmente, consegui me desvencilhar, correr e pedir ajuda”, afirmou.

Na delegacia, já nesta quarta-feira, a vítima da tentativa de estupro reconheceu o detido. “Estava com 100% de certeza. Eu fiz o boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher e quando eu soube a prisão dele, eu passei a foto e afirmei que o reconhecia 100%”, detalhou.

Segundo caso

Outra mulher também foi até a Central de Flagrantes e reconheceu o preso. Segundo ela, o suspeito passou ao seu lado com uma bicicleta, mas parou e partiu para cima da mulher.

“Ele jogou a bicicleta no chão, me atacou, também me jogou no chão e me machucou. Ele estava com uma faca e dizia que iria me esfaquear no coração. Ele me chutou, me levantou pelos cabelos e dizia que eu estava sequestrada”, iniciou.

Após este momento, o rapaz teria levado a mulher para um terreno baldio próximo do ataque. Neste momento, as investidas foram contra os pertences pessoais dela. “Ele continuava a me chutar. Queria meu celular, dinheiro e cartão. Até que chegou uma hora ele pegou a bicicleta e saiu”, completou.

A polícia acredita que o acusado tenha praticado outros crimes. Ele estava com um comparsa no Bairro Alto que também acabou detido.



Fonte: Banda B

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui