TSE começa a convocar mesários voluntários para as eleições

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Para trabalhar no pleito de 2022 é preciso apenas ter mais de 18 anos; a data da convocação é 3 de agosto

Nelson Jr./ ASICS/TSENelson Jr./ ASICS/ TSE
Mesários vão atender 152 milhões de eleitores credenciados no Brasil, que votarão em 460 mil sessões eleitorais, onde estarão disponíveis mais de 570 mil urnas eletrônicas

Começou a nomeação dos mesários voluntários e convocados para trabalhar nas eleições deste ano. Cerca de 2 milhões de eleitores serão responsáveis pelo atendimento nas mesas de votação e de justificativa, além de atuar como apoio logístico dos locais de votação para o primeiro e um eventual segundo turno da eleição 2022, em outubro. A expectativa do Tribunal Superior Eleitoral é de que os voluntários cheguem a ser metade do número total de mesários, o que representaria um aumento de 4% em relação ao ano de 2020. Nas últimas eleições municipais, cerca de 670 mil mesários trabalharam voluntariamente.

Para quem quiser ser mesário este ano ainda dá tempo. É ter mais de 18 anos e não há um prazo final para inscrição. Entretanto, a data da convocação para as eleições no dia 3 de agosto. A Corte atualizou a página especial “Canal do Mesário”, disponível no portal do TSE para orientar o cadastro. As pessoas convocadas aos trabalhos eleitorais recebem uma comunicação oficial física, por e-mail ou por WhatsApp enviada pelo Tribunal Regional Eleitoral nos estados. O mesário tem direito a folga no trabalho e a atividade ainda pode contar como horas complementares em cursos universitários e como vantagem para o desempate em concurso público. Os mesários vão atender 152 milhões de eleitores credenciados no Brasil, que votarão em 460 mil sessões eleitorais, onde estarão disponíveis mais de 570 mil urnas eletrônicas.

*Com informações da repórter Katiuscia Sotomayor





Jovem Pan