Barra do Piraí presta auxílio às famílias atingidas pela enchente

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Foto: PMBP
Equipes da prefeitura foram às ruas para atender moradores

Barra do Piraí – Nesta segunda-feira, 02, após os grandes danos causados pela enchente, a Secretaria de Assistência Social, em parceria a Secretaria de Cidadania e Ordem Pública, está realizando o transporte e distribuição de produtos e cestas básicas para a Muqueca, Parque Santana, Vargem Grande e Maracanã, bairros mais atingidos pela enchente.  As informações são da Secretaria de Comunicação da prefeitura.

Os bairros ribeirinhos, da margem do Piraí, vêm sofrendo devido ao aumento do volume do rio Piraí, principalmente quando há fortes chuvas nas cabeceiras. De acordo com a Secretaria de Defesa Civil, os bairros mais atingidos foram todos aqueles banhados pelo rio, desde sua entrada em Barra do Piraí, em Santana de Barra até a foz, no Centro da Cidade. Além disso, a partir de informações dadas pela Defesa Civil e pela Secretaria de Assistência Social a estimativa são de que os bairros, em conjunto, possuem uma estimativa de aproximadamente 500 desalojados.

De acordo com o secretário de Ordem Pública, José Luiz Brum Sabença, já estão sendo distribuídos itens de primeira necessidade. “Estamos levando produtos de limpeza e água potável para os moradores. Os residentes do Parque Santana, nesse momento, irão receber 70 cestas básicas e temos uma equipe da Assistência Social, na Roseira, entregando 300 cestas básicas. Agora, o objetivo é atender e ajudar a população de todos os bairros atingidos, dentre eles a Muqueca, a Vargem Grande e o Maracanã”, aponta.

A secretária de Assistência Social, Paloma Esteves, ressaltou que o auxílio para os cidadãos está sendo feito de maneira constante e com a máxima urgência. Além disso, disse que famílias estão sendo cadastradas e que, as que necessitarem, serão inseridas no programa de Aluguel Social, do Estado. “Após esse processo, os habitantes desamparados serão inseridos e resguardados pelo Aluguel Social. É importante falar que as secretarias estão unidas e fazendo o máximo possível para que nenhuma família fique sem amparo nesse momento tão difícil”, frisa.

A secretária ainda acrescentou que, caso alguém queira ajudar, a prioridade são produtos de higiene pessoal, que devem ser levados ou entregues nos pontos de arrecadação: Centro de Referência de Assistência (Cras) do Centro, ou a Escola Municipal Manoel Fonseca, que fica próximo a UPA também no Centro.

O prefeito de Barra do Piraí, Mario Esteves, declarou Estado de Emergência, por meio do Decreto 324, publicado no Diário Oficial Eletrônico de segunda, 02. Além disso, afirmou que todos os esforços possíveis estão sendo feitos para ajudar as famílias atingidas pela enchente. “As equipes de Defesa Civil e demais secretarias, como Assistência Social, Serviços Públicos e Educação, e Ordem Pública seguem 100% engajadas no auxílio às famílias. Estamos em um momento complicado, mas seguimos ajudando a população e vamos vencer mais um momento difícil juntos”, finaliza.

Serviços Públicos segue na limpeza dos locais afetados pela enchente

Foto: PMBP
Equipes da prefeitura limpam locais atingidos pela enchente

A Secretaria de Serviços Públicos do município, com o apoio da Statled Brasil, está trabalhando na limpeza emergencial dos locais de Barra do Piraí que foram acometidos pela enchente. Nesta segunda, 02, os bairros da Muqueca, Roseira, Maracanã, Parque Santana, Vargem Grande, Ponte do Andrade, Ponte Vermelha, Carbocalcio, Guararema e Boca do Mato seguem sendo limpos.

Segundo o secretário de Serviços Públicos, Rodrigo Nascimento, um grande contingente de trabalhadores está sendo mobilizado para que os bairros estejam limpos e em boas condições novamente. “Nós estamos com quase 250 servidores trabalhando somente na limpeza dessas comunidades. Temos caminhoneiros, operadores, supervisores e maquinistas 100% focados nessa parte para que possamos combater as adversidades causadas por essa enchente”, afirma o chefe da pasta.

O gerente da Statled Brasil, Carlos Moreira, explicou como o processo de limpeza das ruas é feito. “Após a diminuição do nível da água, utilizamos retroescavadeiras e caminhões caçamba para retirar o lixo mais grosso, que no caso são galhos de árvores, móveis, lixo domiciliar e outros. Depois de retirarmos esse lixo mais grosso, entramos com varredores que, com o auxílio de caminhões-pipa, varrem o que resta para a rede de drenagem das ruas. E por fim, passamos com um caminhão carroceria para coletar moveis ou eletrodomésticos estragados para que eles sejam encaminhados para o descarte”, explica Carlos.

Lembrando que para aqueles que precisarem de refúgio, a escola Manoel Fonseca, no Centro, próxima a UPA da Santa Casa, está aberta para servir de abrigo. A unidade escolar conta com colchões, água, material de limpeza e cesta básica para doação aos atingidos.

 

Poço Artesiano da Roseira foi atingido por cheia do Piraí

 

O poço artesiano do bairro da Roseira, Ponte Vermelha e Ponte do Andrade, foi danificado com a enchente de sábado, 30. Então, devido a possibilidade dessa água estar contaminada, a Secretaria de Água e Esgoto alerta a população para não a consumir.

O secretário do Água e Esgoto, Wanderson Luís, enfatiza o fato da água advinda desse poço não servir para o consumo. “É importante reforçar que essa água, pela possibilidade de estar contaminada, não está apropriada para o consumo, ela não serve para alimentação, banho etc. Ela pode ser utilizada somente para a limpeza de ambientes, como calçadas e casas”, afirma o secretário.

A Prefeitura de Barra do Piraí está disponibilizando três caminhões-pipa, com água potável, para consumo da população dessa área.

 

Manutenção da Beira Rio e falta de energia

 

As Secretarias de Obras e Serviços Públicos já estão trabalhando para minimizar os efeitos dos estragos feitos pelas águas do Rio Pirai, nas proximidades da Avenida Ramiro Jayme da Fonseca (Beira Rio).

A Avenida, que apresentou uma grande rachadura no domingo, está com trafego de veículos interrompido, e as equipes seguem realizando os trabalhos de estudos de impacto.

Nesta terça-feira, 03/05, a concessionária de energia Light, estará trabalhando no local para fazer a manutenção de um poste de energia elétrica, por conta disso, a empresa informa que a partir das 8h a região ficará sem energia.

A falta de luz deve ocorrer em toda a Beira Rio, A travessa Assumpção, onde está o prédio da Prefeitura e o Colégio Cândido Mendes. Estarão com atendimento suspenso: o Procon, Sine, almoxarifado, Controladora e todo o Prédio da Prefeitura.

 

Cheias voltam a causar transtorno após quatro meses

 

Quatro meses após ser atingida pelas cheias do rio Piraí, a população ribeirinha em Barra do Piraí sofre, novamente, com o mesmo transtorno. Vários bairros do município foram afetados pelo grande volume de água que chegou na cidade, após fortes chuvas que caíram na região de Rio Claro, na madrugada de sexta para sábado, 30 de abril. Áreas de municípios vizinhos, como Piraí, também foram afetadas. Na manhã de domingo, 01 de maio, as vazões encontram-se em redução gradual, segundo informações da Secretaria de Defesa Civil. Este processo deve perdurar durante o dia.

Os relatos de fortes cheias na região de Rio Claro e Lídice começaram a ser feitos já na manhã de sábado. Paralelo a isso, a Light, responsável pelo sistema hidrológico da região emitiu nota à Defesa Civil informando que o volume de água iria atingir municípios como Piraí e Barra do Piraí ao longo do de sábado. Vários informes foram encaminhados para a população, alertando aos moradores para que pudessem se preparar.

Ao longo da tarde, o volume de água se aproximou dos bairros ribeirinhos, chegando ao ápice na madrugada de sábado para domingo. De acordo com a Defesa Civil, os bairros atingidos foram os limítrofes ao rio Piraí, como Chalet, Santana de Barra, Carbocálcio, Ponte Vermelha, Roseira, Ponte do Andrade, Maracanã, Vargem Grande, Muqueca e Centro. Várias ruas destes bairros foram afetadas, com impossibilidade de tráfego de veículos devido a inundações e alagamentos que as atingiram durante a madrugada.

De acordo com o secretário interino de Defesa Civil, Wlader Dantas, após os primeiros relatos de que a água poderia subir com alto volume, como em dezembro, todos os agentes da Defesa Civil, em parceria com os da Guarda Municipal, seguiram até os bairros, informando a respeito do possível transtorno.

“Quando recebemos as informações da Light, ficamos de prontidão e informamos à população quanto a necessidade de ficar em alerta. Tínhamos relatos de como Lídice e Rio Claro estavam e sabíamos que aquela água iria chegar aqui. Por isso, havia a emergência para que a população buscasse meios de levantar seus móveis e sair para locais seguros. Foram quase 12 horas até que começassem a entrar na maioria das casas. E, lamentavelmente, foi mais intensa que a de dezembro”, disse o secretário.

Já quando recebeu as informações da Defesa Civil, o prefeito de Barra do Piraí, Mario Esteves, determinou que todas as demais pastas também ficassem em alerta, principalmente aquelas que atuam nas ações emergenciais, como Defesa Civil, Serviços Públicos, Assistência Social e Comunicação. Na manhã de domingo, o chefe do Executivo vistoriou parte dos bairros afetados e já está em confecção de Decreto de Situação de Emergência, que será encaminhado ao governador Cláudio Castro.

“Os comunicados foram feitos e avisados à população ribeirinha. Infelizmente, quando a água vem e pede a sua passagem, carrega também muito do que a população luta para conquistar. Foi um fenômeno da natureza e, semelhante a de dezembro, contou com os esforços de todos, muito além do poder público municipal. Nossos agradecimentos ao Corpo de Bombeiros, que, prontamente, auxiliaram nesse trabalho. Estamos com as equipes nas ruas e colocamos todas as secretarias nesse círculo de solidariedade, ação muito bem desenvolvida pela população barrense também”, lamenta Mario.

Já na manhã de domingo, 01 de maio, homens da Secretaria de Serviços Públicos, em parceria com a Statled e com o Corpo de Bombeiros, começaram a dar apoio com máquinas e equipamentos. Além deles, há apoio das pastas de Assistência Social e de Educação no mesmo processo.

O post Barra do Piraí presta auxílio às famílias atingidas pela enchente apareceu primeiro em Diário do Vale.



Fonte: Diário do Vale