Ao ser diplomado, Paes defende eficiência no combate ao Covid-19 e promete luta por igualdade

0
30


RIO — Em cerimônia virtual, na manhã desta sexta-feira, dia 18, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ) diplomou os 51 vereadores eleitos, além do prefeito eleito Eduardo Paes, e seu vice Nilton Caldeira. Em seu discurso, Paes afirmou que vai governar para todos e lutar por uma “cidade mais igual e menos preconceituosa”. Além de destacar a necessidade de combate ao novo coronavírus, ele disse que as dificuldades do Rio não se limitam à crise sanitária, mencionando problemas econômicos e de transporte público.

— A taxa de letalidade do Rio é o dobro de São Paulo. Se formos mais eficientes no combate a essa doença, ou nas ofertas ao tratamento, podemos salvar muitas vidas e evitar sofrimento de tantas famílias. Mas sabemos que as dificuldade não se limitam ao coronavírus. Temos crise de mobilidade, crise de emprego, esvaziamento econômico da cidade — afirmou o prefeito eleito, que também repetiu o tom de discurso que vem adotando, de que sua gestão vai olhar para frente, sem lamentar os erros da administração atual.

Covid-19: Covid-19: prefeitura do Rio suspende cirurgias eletivas na rede municipal

Paes disse ainda que vai lutar por uma “cidade mais igual, mais justa, menos preconceituosa”.

— A cidade foi sempre marcada por não ter preconceitos contra cor, credo, orientação sexual. Rio merece ser vanguarda e exemplo para um Brasil melhor. Mesmo quem não votou em mim pode confiar que vamos governar para todos — afirma o prefeito eleito.

O vereador responsável pelo discurso na solenidade foi Tarcisio Motta (Psol), o mais votado nas últimas eleições. Em um longo discurso, ele propôs uma reflexão aos colegas sobre como cada um deseja contribuir para a construção de uma cidade melhor. Acrescentou que as diferenças de ideias e de visão de mundo entre os vereadores seja sinal de respeito e fortalecimento da democracia e não propagação de ódio entre os pares.

Deboche: Eduardo Bolsonaro ironiza decisão da Justiça de fechar Búzios para turistas

Vereadores do Rio foram diplomados pelo TRE-RJ
Vereadores do Rio foram diplomados pelo TRE-RJ Foto: Reprodução

O vereador ainda fez homenagens especiais a Fernando William (PDT), vereador que não foi reeleito mas está internado, em situação delicada, com Coronavírus, e a Marielle Franco, sua amiga e ex-colega de bancada.

— Há 4 anos, minha amiga Marielle era diplomada, e tinha sonhos muito semelhantes aos meus. Um ano e 3 meses depois, ela foi brutalmente assassinada, no exercício de seu mandato. Parentes, inclusive sua companheira (Monica Benicio) que hoje recebe o mesmo diploma de quatro anos atrás, e amigos seguem tristes e indignados com o que aconteceu naquele 14 março de 2018. Aquilo não pode ser esquecido, nem normalizado. O Estado tem que dar respostas sobre quem mandou matar uma vereadora eleita, para que isso nunca mais aconteça — diz Tarcísio.

Leia Mais: Sem UTI, Búzios tem crescimento de mais de 3.700% nos casos de Covid-19

De volta ao lockdown, Búzios tem quase 90% de ocupação em hotéis e festas com ingressos à venda para o réveillon





Fonte: G1