Voltaria ao Corinthians? Há 10 dias, Carille lembrou à JP de saída conturbada e cobrou presidente

0
14


O treinador, atualmente no Al-Ittihad, da Arábia Saudita, está sendo especulado no Timão depois da diretoria demitir Vagner Mancini

Reprodução/Jovem PanFábio Carille concedeu entrevista à Jovem Pan

O Corinthians demitiu Vagner Mancini após a eliminação na semifinal do Campeonato Paulista diante do Palmeiras, em plena Neo Química Arena, em Itaquera. Agora, diversos nomes são ventilados nos bastidores do clube, como os profissionais Renato Gaúcho, Dorival Júnior e Fábio Carille. O último teve uma trajetória de sucesso pelo Parque São Jorge, somando três títulos do Estadual e um do Brasileirão em duas passagens como técnico, além de vários outros anos como auxiliar. Mas será que ele retornaria ao Timão? Há dez dias, o treinador concedeu exclusiva ao programa “Cadeira Cativa”, do Grupo Jovem Pan, falou sobre a sua saída conturbada do Alvinegro e afirmou que a situação atual do clube é “muito ruim”, pedindo que o presidente Duílio Monteiro Alves vá a público para abrir o jogo sobre as finanças.

“Somando as duas passagens, eu fiquei 10 anos e 3 meses no Corinthians. Então, eu vi de tudo ali! O Corinthians está uma situação financeira muito ruim. Penso que o clube tem que ir na TV, na rádio e nos outros veículos de informação para expor a verdade. O maior título do Duílio não vai ser erguer uma taça, mas colocar a casa em ordem. Eu lembro que o [Eduardo] Bandeira de Mello, ex-presidente do Flamengo, foi para a televisão e pediu sete anos. Olha o que é o Flamengo é hoje! Vai ter que ter essa humildade para dar um passo para trás e dar dois para frente. Falar a verdade porque senão isso vai estar pior ainda. Olha o que aconteceu com o Cruzeiro!”, disse Carille, que também recordou de sua saída conturbada do time, em 2019. “Hoje, falo com quase todo mundo do Corinthians, com atletas, funcionários do clube, com o pessoal da cozinha… Foram dez anos lá, né? É uma história, é uma vida. A saída foi turbulenta, mas depois tudo foi se acalmando e voltando ao normal”, avaliou o técnico, que tem relação conturbada com o ex-presidente Andrés Sanchez. 

Fábio Carille está treinando o Al-Ittihad, da Arábia Saudita, mas tem contrato somente até junho e ainda não foi procurado para renovar seu vínculo. Auxiliar-técnico no Corinthians por um longo período, Carille assumiu o time principal do Corinthians e foi bicampeão paulista (2017 e 2018) e vencedor do Brasileirão (2017). Na metade de 2018, o treinador deixou o Timão para trabalhar no Al Wehda, também da Arábia Saudita, mas logo retornou ao clube paulista, onde faturou o terceiro Estadual consecutivo, em 2019. Naquele ano, porém, a equipe não rendeu o esperado nas outras competições e o técnico acabou sendo demitido.

Assista à entrevista abaixo:

 





Fonte: Jovem Pan