Exclusivo: Scarpa revela conversa com Abel e fala em ‘segredo’ para ganhar o Brasileiro

0
13


Em entrevista exclusiva ao repórter Pedro Marques, do Grupo Jovem Pan, o meio-campista do Palmeiras explicou o motivo da sua evolução no time e projetou o duelo contra o Grêmio, nesta quarta-feira, pela décima rodada da competição nacional

Foto: ALDO CARNEIRO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOGustavo Scarpa comemorando gol do Palmeiras diante do Sport

Gustavo Scarpa transformou-se em uma peça-chave no esquema de Abel Ferreira no Palmeiras. Fundamental na vitória diante do Sport, no último domingo, o meio-campista está vivendo a melhor sequência desde que chegou ao Alviverde, somando 12 assistências e 6 gols somente nesta temporada. Em entrevista exclusiva ao repórter Pedro Marques, do Grupo Jovem Pan, o armador explicou que uma conversa com o treinador português mudou o seu status dentro do elenco do Verdão. “O Abel chegou a me chamar no começo desta temporada, entre março e abril, para avisar que eu iria brigar pela posição do meio-campo. Quando ele falou isso, fiquei bastante feliz. Estou tendo a minha primeira sequência no Palmeiras na minha posição, o que é algo a ser celebrado. Ter oportunidade na sua posição de origem é uma briga justa. Estou feliz pela sequência, mas preciso esquecer no que já fiz e focar no restante da temporada”, disse.

Contratado junto ao Fluminense em 2018, Scarpa já foi treinado por treinadores considerados “medalhões” e com passagens pela seleção brasileira, como Luiz Felipe Scolari e Vanderlei Luxemburgo. O jogador, no entanto, sempre atuou improvisado em outras posições e não conseguia repetir as atuações da época do Tricolor das Laranjeiras. “A principal influência do Abel Ferreira no meu jogo foi ele ter me colocado na minha própria posição. Claro, eu apresentei meu futebol legal e estou tendo uma bacana interessante. Ele ter deixado de me improvisar foi a principal influência”, comentou o atleta, que optou por não escolher o seu “professor” predileto. “Eu tive momentos legais com todos os técnicos, apesar de ter jogado fora de posição. Não dá para falar qual é melhor ou pior. São fases, cada um tem seu estilo e personalidade. A questão é se adaptar ao estilo de cada um”, completou.

Na terceira posição do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras tem apenas 2 pontos a menos que o líder RB Bragantino e sonha com o primeiro título na temporada após os vices na Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana e Paulistão, além da eliminação precoce na Copa do Brasil. Segundo Gustavo Scarpa, o “segredo” para o time levantar o troféu no final do ano é não ter ansiedade. “O segredo é não pensar nas quase 30 rodadas que faltas. É esquecer o que já fizemos e pensar apenas no próprio jogo. É esquecer o externo, continuar focado na partida contra o Grêmio e ir pensando jogo a jogo, sem ansiedade e tentando fazer o melhor”, comentou o meia, que falou sobre a expectativa de enfrentar o Tricolor gaúcho nesta quarta, às 19 horas (de Brasília), no Allianz Parque. “É uma equipe muito qualificada, que está passando por um momento difícil, mas que tem bons jogadores. Será um jogo muito difícil. Estamos preparados para enfrentar um time muito bom. Foi a equipe que nós enfrentamos na final da Copa do Brasil. Vamos para cima para tentar ganhar a partida”, finalizou.





Fonte: Jovem Pan