Domènec Torrent vê Flamengo em ritmo lento e pede: ‘Eu preciso de tempo’

0
17

Recém-contratado, o espanhol Domènec Torrent já está sentindo a cobrança da torcida flamenguista em suas primeiras semanas no Brasil. Logo após a derrota do Flamengo para o Atlético Goianiense, na noite da última quarta-feira, 12, o treinador foi muito criticado pelos torcedores, que questionaram, através das redes sociais, algumas atitudes do ex-auxiliar de Pep Guardiola durante a partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva, Dome justificou suas preferências táticas e afirmou que a falta de ritmo está pesando contra o time rubro-negro nesta reta inicial do nacional.

“Não jogamos com quatro zagueiros: Rodrigo, Gustavo, Léo e Filipe. Um volante, dois meias e três atacantes. Começamos no 4-3-3 e na segunda parte no 4-2-3-1. Quando perdemos, perdemos todos. Não só um jogador. Perdemos o técnico e os jogadores. Eles ganharam a segunda bola, jogaram em um ritmo mais alto”, comentou Domènec Torrent, que já havia sido derrotado em sua estreia, diante do Atlético-MG, na primeira rodada do Brasileirão. “No primeiro jogo, começamos com o 4-4-2, como Jorge Jesus. Acho que jogamos muito bem no primeiro tempo do primeiro jogo e poderíamos fazer mais gols. Hoje, começamos no 4-3-3 e depois no 4-2-3-1. Respeito o trabalho do ano passado, não fiz muitas alterações, mas eu falo que é difícil ganhar novamente. É muito difícil. O ambiente com a pandemia é muito difícil”, completou.

Dome também pediu “mais tempo” para conseguir aliar suas ideias com os resultados desejados. “Jogamos depois de 24 dias, parece que estamos na pré-temporada, um ritmo muito mais baixo, os outros em um ritmo mais alto, mas trabalharemos para fazer uma equipe vencedora. Certamente venceremos novamente. Eu preciso de tempo, os jogadores precisam de tempo. Não para jogar com Dome como técnico, mas para estarem melhor fisicamente, jogarem mais jogos e voltarem a vencer”, afirmou o europeu.

Por fim, o treinador também reconheceu que ser derrotado em dois jogos consecutivos não pode ser considerado algo normal. “Não é normal. O Flamengo é vencedor, ganhou quase tudo. Eu sou vencedor. Não me lembro de perder dois jogos seguidos, mas acontece algumas vezes no futebol. Por que? Porque as ligas não são as mesmas, algumas equipes fazem mais jogos que você e não é fácil. Temos que ter mais ritmo, mais treinamentos e jogar em um ritmo alto. Estamos trabalhando duro para isso. Não é fácil. Todos os times estão muito bem preparados para vencer equipes como o Flamengo”, arrematou.


Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui