Luana Piovani fala de apoio à ex-mulher do DJ Ivis: ‘Quando fui agredida não tinha campanha’

0
15


Atriz disse que não teve o apoio de muitas mulheres quando foi agredida pelo ator Dado Dolabella

Reprodução/Instagram/luapio/13.07.2021Luana Piovani relembrou a agressão que sofreu de Dado Dolabella

A atriz e apresentadora Luana Piovani comentou sobre o apoio que Pamella Gomes de Holanda, ex-mulher do DJ Ivis, está recebendo das mulheres. Pamella foi agredida pelo artista e divulgou nas redes sociais imagens em que aparece levanto tapas, socos e chutes na frente da filha, de nove meses. O caso ganhou repercussão nacional e vários artistas estão expondo sua opinião. Luana comentou sobre o assunto e relembrou a agressão que sofre do ex-namorado, o ator Dado Dolabella. “Fico feliz em ver as mulheres se unindo e denunciando, pois, quando fui agredida não tinha campanha, nem Instagram. O agressor, seis meses depois, ganhou um reality [‘A Fazenda’] e as mulheres diziam: ‘Vem bater em mim’. As mulheres já me envergonharam e pioraram minha situação imensamente, suspiro aliviada em ver que uma mudança está acontecendo”, escreveu a atriz nos stories do Instagram.

Luana foi agredida pelo ator em 2008 e, quando expôs o caso, afirmou que levou um tapa no rosto tão forte que a fez cair no chão. O caso aconteceu em uma boate e a camareira que estava no local também foi atingida. Dado chegou a ir preso por descumprir a decisão da justiça de manter uma distância de 250 metros de atriz, mas logo foi solto. Atualmente, Luana mora com os filhos em Portugal. Além dela, a cantora Marília Mendonça falou sobre o caso violência doméstica envolvendo o DJ Ivis e criticou o fato do artista ter ganhado seguidores após o vídeo das agressões repercutir nas redes sociais. Xand Aviões também se pronunciou nas redes sociais e disse que não compactua com as atitudes do DJ e que ele não faz mais parte da sua empresa, que administra a carreira de artistas como o cantor Zé Vaqueiro.





Fonte: Jovem Pan