Exportação brasileira de carne suína cresce 11,5% até agosto

0
12


Com o impacto causado pela pandemia, a solidariedade do projeto Agro Fraterno mobiliza pessoas e instituições de Norte a Sul do Brasil para ajudar famílias afetadas. Em mais de cem cidades brasileiras de 18 estados e no Distrito Federal, foram doados, até o início de setembro, mais de 217,8 toneladas de alimentos, mais de 64,9 mil cestas básicas, além de parte das doações em dinheiro.

Com início no mês de julho, as ações tiveram doação de 5 mil cestas de alimentos pelo Sistema CNA/Senar à população de cinco municípios do entorno de Brasília.

Produtores rurais, cooperativas, entidades, empresas, associações e sindicatos rurais podem doar alimentos, cestas ou dinheiro para instituições ou pessoas carentes, por meio do site oficial.

Rede de solidariedade

Apoiado pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e liderado pelo Sistema CNA/Senar, pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e pelas entidades do Instituto Pensar Agro (Ipa), o movimento Agro Fraterno já alcançou famílias carentes e instituições nos estados do Amapá, Acre, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo, além do Distrito Federal.

Na lista abaixo você confere algumas entidades beneficiadas

O município de Barcelona, recebeu do Senar/Rn, juntamente com o apoio do sindicato de produtores rurais, doação de 150 cestas de alimentos

O Sistema Faeb/Senar-BA doou mais de 400 toneladas de alimentos para ajudar mais de 27 mil famílias da zona rural do estado da Bahia

O distrito de Floresta do Sul, no município de Pedro Canário através das doações do Senar/ES recebeu 46 cestas básicas

A comunidade de agricultores da ilha do Baixio recebeu do Sistema Faea/Senar-AM, 169 cestas de alimentos

Associação Goiana de Suinocultores entregou mais de 1,7 tonelada de carne suína para 560 famílias carentes

Agro Fraterno do Senar/SC doou 1.258 cestas de alimentos à população carente de Abelardo Luz, em Santa Catarina



Fonte: R7