Café robusta atinge máxima de quatro anos na ICE, enquanto açúcar recua

0
8


Por Marcelo Teixeira e Nigel Hunt

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) – Os contratos futuros do café robusta na ICE avançaram para máxima de quatro anos nesta terça-feira, com demanda impulsionada pelo alto custo de grãos do tipo arábica, enquanto os preços do açúcar reacuaram.

CAFÉ

* O café robusta para novembro fechou em alta de 8 dólares, ou 0,4%, em 2.026 dólares a tonelada, após atingir a máxima desde setembro de 2017 em 2.070 dólares.

* Operadores disseram que o mercado estava apoiado por uma retomada na demanda por grãos de robusta relacionada ao aumento nos preços de café arábica após, dano na safra do Brasil.

* O alto custo atual de embarque de café do principal produtor de robusta, Vietnã, também aumentou a demanda por estoques da bolsa.

* O café arábica para dezembro fechou em queda de 4 centavos de dólar, ou 2%, em 1,959 dólar por libra-peso, após tocar a máxima de um mês de 2,0155 dólares.

* Foram registradas chuvas em áreas produtoras no Brasil e outras são esperadas até o final desta semana, o que pode melhorar as perspectivas para a safra do próximo ano.

AÇÚCAR

* O açúcar bruto para outubro fechou em queda de 0,38 centavo de dólar, ou 1,9%, em 19,84 centavos de dólar por libra-peso.

* Os operadores disseram que a fraca demanda estava ajudando a limitar os preços com as negociações de outubro em um amplo desconto de cerca de 0,7 centavo de dólar para março de 2022.

* Entretanto, o mercado seguiu sustentado pela redução das perspectivas para a produção do centro-sul do Brasil após seca e geadas recentes.

* “A oferta está muito apertada após um declínio estimado de seis a sete milhões de toneladas na produção no CS do Brasil, mas a demanda parece estar caindo quase tão rápido quanto a oferta”, disse o analista da Marex Robin Shaw em uma nota.

* Duas grandes refinarias de açúcar na Louisiana ainda não estavam operando nesta terça-feira depois que o furacão Ida atingiu o Estado norte-americano, enquanto as empresas avaliavam os danos e esperavam que as linhas de energia fossem restauradas.

* O açúcar branco para outubro recuou 4,10 dólares, ou 0,8%, em 483,30 dólares a tonelada.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH7U14I-BASEIMAGE










Fonte: Mix Vale