Rafael Peçanha desiste de pré-candidatura a prefeito para cuidar da saúde

87

O vereador Rafael Peçanha (PDT) pegou todos de surpresa nessa sexta-feira (14/02) ao retirar a sua pré-candidatura à Prefeitura de Cabo Frio. Ele, que se autoproclamou o “líder da oposição” vinha com um discurso mais conciliador nas últimas semanas, inclusive sugerindo o diálogo entre professores grevistas e o governo Adriano Moreno. Pode ser que Rafael Peçanha vá apoiar o até então desafeto José Bonifácio, mas sequer aceitou o convite para ser candidato a vice na chapa do PDT. Mais do que isso, Rafael Peçanha, como ele mesmo escreveu, deixa a vida pública e sequer será candidato à reeleição na Câmara Municipal de Cabo Frio, pelo menos essa é a decisão até agora.

A esposa do Rafael, Lívia Mendes, que vem a ser sobrinha/filha de Janio Mendes, outro controverso cacique do PDT cabofriense, foi quem disse os reais motivos pelos quais o marido desistia da política. Segundo Lívia, Rafael tem pressão alta, fora do comum, tem histórico familiar de cardiopatia – o pai dele teve um infarto quando ele tinha 4 anos e morreu de um outro, fulminante, quando Rafael tinha vinte e poucos anos – e ele fez exames médicos recentemente, os quais apontaram que a situação dele é muito grave. Rafael engordou muito e está com problema de obesidade, além hipertensão, fatores que acabam dificultando até mesmo o trabalho de campanha.

Por isso, a esposa e a mãe de Rafael conversaram muito com ele, e apesar de toda a luta e empenho que vinha fazendo nos últimos três anos, ele desiste da pré-candidatura para poder cuidar da saúde e estar mais próximo da família. Lívia fez questão de dizer que “para aqueles que julgarem ele, o acusando de covardia, ela responde: nos dez anos que estou com Rafael, essa foi a atitude mais corajosa que ele teve na vida. Afinal, depois de todo esse trabalho, desistir assim é para os fortes”, completou.

©Plantão dos Lagos
Fonte: Plantão / Portal RC24H
Fotos: divulgação