Polícia prende jovem que tornou vida de ex um inferno: “Vou preso, dá nada”

21

Um jovem de 25 anos foi preso, na tarde desta terça-feira (18), por descumprir medida protetiva e, novamente, agredir uma adolescente de 16 anos, moradora em Curitiba. Áudio enviado pelo aplicativo WhatsApp (ouça abaixo) e print de conversa mostram a intenção dele em cometer o assassinato. Ele chegou a dizer para a própria mãe: ‘Eu quero ela morta. Fico preso, não dá nada’, afirmou.

O agente Antônio, da Guarda Municipal, contou à Banda B que denúncias sobre o descumprimento da medida protetiva chegaram à equipe. “Por volta das 16h fomos até a casa dela, depois de uma denúncia de que estava sendo agredida. Chegando, nos informaram que haviam saído de lá. Voltamos, por volta das 18h, e encontramos o suspeito novamente, efetuando a prisão”, descreveu.

Inicialmente, o suspeito foi encaminhado à Delegacia da Mulher, mas por ser uma adolescente ele foi levado até o Nucria. “Para nós, o rapaz falou que não fez nada e que era coisa da cabeça dela”, contou o guarda. Apesar de negar, a adolescente está com sinais de agressão, que podem ser conferidos na foto abaixo.

(Foto: Colaboração)

Ameaças

O casal se separou em novembro e, desde então, a vida da adolescente e família tornou-se um inferno. O suspeito, conforme print abaixo, chegou a mandar foto de armas para amedrontar a vítima.

(Foto: Reprodução)

 

Em outra conversa, disponibilizada à Banda B, o agressor diz para a própria mãe que não liga de ser preso, inconformado com a separação.

(Foto: Colaboração)

Em áudio, novas ameaças à família:


 

O suspeito permanece preso, à disposição da Justiça, aguardando audiências para saber se ficará na cadeia.


Fonte: Banda B