Parte dos trens fora de circulação no Rio volta a operar até domingo

74

Composição foi retirada de circulação para manutenção

Composição foi retirada de circulação para manutenção
Reprodução

A Setrans (Secretaria de Estado de Transportes) informou nesta terça-feira (19) que 17 dos 40 trens retirados de circulação pela SuperVia retornarão à frota operacional até o próximo domingo (24). Outros seis carros devem retornar até o dia 30. 

Leia mais: Bala que matou Ágatha partiu de arma de PM, diz Polícia Civil

Ainda segundo o órgão, os trens estão passando por processo de manutenção de suas caixas de tração. O objetivo é que todos os carros chineses voltem a operar até 17 de janeiro de 2020.

Com a ausência das composições, os ramais Gramacho, Japeri, Santa Cruz e Saracuruna estão com intervalos maiores do que o habitual para o usuário do sistema. Já o ramal Deodoro realiza algumas viagens em trens com quatro carros.

A Setrans também determinou ao grupo chinês CRRC (responsável pela fabricação das composições) que, após os reparos emergenciais, seja feita a substituição das caixas de engrenagem de todos os 70 trens adquiridos na licitação de 2011.

Os trens foram entregues entre 2014 e 2016 e, após poucos meses de uso, o projeto apresentou falhas na caixa de tração, produzida por uma empresa alemã.

A companhia chinesa, após análise, iniciou em novembro de 2018 um processo de recall que identificou novos problemas no último mês de junho. De acordo com a SuperVia, o consórcio asiático “suspendeu o trabalho malsucedido até que encontre uma nova medida para solução”.


Fonte: Portal R7