Jovem que confessou morte de Layane é indiciado por homicídio qualificado

21

O jovem Miguel Angelo Duarte, de 24 anos, foi indiciado pela morte de Layane Czervinski, 19 anos. De acordo com a Polícia Civil, ele vai responder por homicídio qualificado com motivo fútil. A delegada Lucy Atena de Aquino também pediu a conversão da prisão temporária em preventiva, que foi autorizada pela Justiça nesta quinta-feira (20).

Miguel e Layane (Reprodução)

Layane foi encontrada morta em uma chácara da Avenida Rui Barbosa, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, no último dia 20 de janeiro.

Miguel foi identificado graças a mensagens encontradas no celular da mãe de Layane, Inês. Como a jovem estava com o celular quebrado, usou esse aparelho para trocar mensagens com o rapaz. Ele acabou preso pela Polícia Civil algumas horas depois e confessou o crime.

Reconstituição

No último dia 12, a Delegacia da Mulher de São José dos Pinhais realizou a reconstituição da morte de Layane.

O pedido de reconstituição foi feito pelo advogado de defesa de Miguel, José Valdeci de Paula. Tanto ele, quanto a família de Layane, acreditam que Miguel não cometeu o crime sozinho, mas por duas vezes ele afirmou à polícia que agiu sem a ajuda de ninguém.

Com o indiciamento, o caso é encaminhado para o Ministério Público do Paraná (MP-PR), que pode oferecer denúncia contra Miguel.


Fonte: Banda B