Dani Alves diz que respeita Bolsonaro, mas critica discurso: ‘Deveria prezar pelo bem do nosso povo’

9

Capitão da seleção brasileira, Daniel Alves reprovou o pronunciamento de Jair Bolsonaro (sem partido), realizado na noite da última terça-feira (24) e transmitido em rede nacional. No entendimento do meio-campista do São Paulo, o presidente da República merece respeito, mas falhou ao pregar retorno à normalidade em meio à pandemia do novo coronavírus. 

“Senhor presidente, respeito muito a sua presidência, respeito muito a vossa senhoria, masssss, são muitas famílias e muitas pessoas trabalhando em pro do combate a essa pandemia e o senhor como a pessoas mais importante desse país, deveria também presar (sic) pelo o bem do nosso país e do nosso povo”, escreveu o camisa 10 do Tricolor, em publicação nas redes sociais.

Para Dani Alves, a doença denominada Covid-19, que permanece sem ter cura, não pode ser menosprezada, como Bolsonaro fez ao chamá-la de “gripezinha.”

“É um momento muito difícil para o mundo e para nossa população, não devemos desfazer dessa situação, sobre tudo se não temos cura para ela. Como um humilde cidadão eu venho expressar a minha opinião, pois não quero viver sem poder compartilhar momentos com as pessoas nem viver com medo delas! QUE DEUS ABENÇOE O BRASIL E O MUNDO!!”, finalizou.

Ao todo, a OMS (Organização Mundial da Saúde) contabiliza mais de 420 mil casos do novo coronavírus no planeta, com 19.120 mortes provocadas pela doença.



Fonte: Jovem Pan