Corpo de motorista de aplicativo que saiu de Curitiba para Francisco Beltrão é encontrado

71

O corpo do motorista de aplicativos João Rodrigues de Souza, morador em Curitiba, que estava desaparecido desde o último domingo (22), foi identificado por familiares no Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Francisco Beltrão, região Sudoeste do Paraná.

João foi visto pela última vez na Rodoferroviária de Curitiba, local de onde teria partido para realizar uma corrida particular com destino a cidade de Beltrão. A vítima foi encontrada às margens da PR-483, entre Francisco Beltrão e Ampére, próximo a Penitenciaria de Beltrão, no fim da tarde da terça-feira (24).

 

Divulgação

 

O tenente da Polícia Militar local, Igor Miranda, confirmou que o corpo foi encontrado em um local de difícil acesso e de baixa circulação de pessoas. Ele ainda mencionou que o corpo possuía marcas de tiros. “A principio, fazia algum tempo que ele estava ali, por isto, o corpo já estava num processo de decomposição”, pontuou.

O veículo de João, um Nissan Versa da cor cinza, ainda não foi localizado. A Polícia Civil segue com a investigação para resolver o caso.


Fonte: Banda B