Uber perde mais de US$ 5 bilhões e apresenta o maior prejuízo da história

0
39



A Uber apresentou nesta quinta-feira (8) os resultados do segundo trimestre do ano e registrou o maior prejuízo de sua história. Nos últimos três meses, a empresa perdeu US$ 5,2 bilhões (cerca de R$ 20 bilhões).

O faturamento da Uber no segundo trimestre foi 14% maior do que no mesmo período do ano passado, que também é a pior taxa de crescimento que a empresa já apresentou.

Boa parte do prejuízo da companhia no trimestre foi causado por compensações financeiras pagas aos funcionários quando a empresa decidiu abrir o capital na bolsa, em maio. A quantia foi de US$ 3,9 bilhões (cerca de R$ 15 bilhões).

Em entrevista, o CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, afirmou que espera que as perdas da empresa diminuam nos próximos dois anos. “Acreditamos que 2019 será o ápice do nosso investimento”, explicou. “Queremos nos certificar de que o nosso crescimento é saudável”, disse.

Khosrowshahi ainda apontou alguns dados positivos no relatório trimestral, como o aumento de 31%, em relação ao ano passado, no lucro da empresa com as tarifas pagas pelos usuários por corridas e entregas antes de repassar comissões aos motoristas. A companhia também ganhou mais clientes, passando pela primeira vez da marca de 100 milhões de usuários ativos por mês.