Suspeito é preso com droga feita a partir de anestésico usado em animais em Curitiba

0
67



O cabo Aurélio, do Choque, conta que a apreensão aconteceu a partir de abordagem da equipe a quatro suspeitos próximos de um veículo estacionado em uma praça. “Dois invólucros de cocaína foram encontrados nos bolsos de um dos suspeitos e no interior do carro mais dois cigarros de maconha. Quando perguntado, um deles disse que tinha mais drogas em sua residência. A equipe se deslocou até lá e encontramos a substância que em um primeiro momento achamos ser cocaína”, relatou o cabo.

De acordo com o veterinário, André Richter Ribeiro, a substância é um anestésico para animais que quando usada por seres humanos provoca euforia e pode levar à morte. “Isso é um anestésico e quem comprou, comprou de um médico ou veterinário. Ele dá euforia, acelera o coroação, inclusive o usuário pode até morrer. Quando eu atendia em um consultório no centro, era constante vir gente pedir se eu vendia a receita”, revelou Ribeiro.

Além do anestésico, da maconha e da cocaína, foram apreendidos 1750 reais em dinheiro e uma quantidade de lança-perfume.

Os dois suspeitos detidos não tinham passagens pela polícia e, dependendo do entendimento do delegado, podem ser indiciados pelo crime de alteração de produto destinado a fim terapêutico ou medicinal, artigo 237 do código penal, que tem pena de 10 a 15 anos de prisão.