Pedreiros ficam soterrados após laje de casa antiga desabar e um deles morre no local

0
62


 

A situação aconteceu na rua Tavares de Lyra, no bairro Afonso Pena. A casa, segundo o catador de recicláveis, Milton dos Santos, estava sendo demolida para a construção de um prédio. Ele também informou que, nesta quinta-feira (26), os funcionários começaram a demolir a casa, quando uma parte da laje caiu.

“Ontem, eu estava recolhendo alguns materiais que eles me forneceram. Fiquei o dia inteiro. Quando uma parte da laje caiu, eu falei para eles saírem. Então, umas 17 horas eles foram embora. Hoje, estavam aqui novamente, continuaram a demolição e aconteceu isso. Eles estavam trabalhando sem segurança nenhuma”, contou Milton.

Um morador da região, Vanderlei Cassira, acionou o Corpo de Bombeiros. De acordo com ele, um dos funcionários estava conversando antes dos bombeiros chegarem. “Caiu bastante coisa em cima deles. A laje cedeu inteira. Só um estava conversando, o outro estava inconsciente. Uma pena, são pessoas trabalhadoras”, lamentou.

A vítima fatal, de 37 anos, será encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) e a outra foi encaminhada ao hospital, sem risco de morte.

Riscos

Segundo o subtenente Paulo, do Corpo de Bombeiros, ao realizar esses serviços é necessário fazer as escoras para que o funcionário tenha uma segurança maior.

“Provavelmente eles não fizeram essas escoras, o que levou a laje a cair em cima deles. O equipamento de segurança precisa ser usado e pode eliminar vários riscos. Claro que não são todos, mas tem que ser usado”, completou.

A Banda B não localizou o responsável pela obra no local do acidente.