Mulher pede emprego no Facebook e acaba sendo estuprada e baleada por suposto interessado

0
56



Em entrevista à Banda B, o delegado Pedro Lucena explicou que o abuso durou cerca de cinco horas. “Ele arrastou a vítima até uma casa e cometeu o crime das 21h às 2h da madrugada. Em meio a isso, ele fez um disparo com arma de fogo e atingiu o ombro dela”, disse.

Preso, o suspeito chegou a negar ser o autor do disparo. Ele afirma que em momento algum houve proposta de emprego. A versão, porém, não convenceu os investigadores.

Após o tiro, o homem se desesperou e levou a vítima até um pronto-socorro antes de fugir.

Com o relato dela, a Polícia Militar realizou a prisão do suspeito e encaminhou à Delegacia de Palotina. Ele vai responder por cárcere privado, estupro e tentativa de homicídio.

A mulher de 39 anos passou por uma transfusão de sangue e está estável.