Latidos de cachorro levam polícia a achado macabro em Curitiba

0
56



 

O delegado Tiago Nobrega, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), afirmou que há indícios de que o crime aconteceu ali. “Há marcas de sangue na esquina, mostrando que o corpo foi arrastado até este local pelos assassinos. É um homem, de aproximadamente 40 anos, com quatro tiros no corpo”, descreveu.

Segundo o delegado, a vítima tinha tatuagens, o que pode ajudar na investigação do caso. “Sem nenhum documento aqui no local. Agora aguardamos a identificação para que o trabalho de investigação seja iniciado”, finalizou.

O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).