Dono de empresa de fertilizantes é preso em flagrante adulterando produtos em Curitiba

0
80



O delegado Cássio Conceição, da Delegacia de Desvio de Cargas, conta que a equipe da polícia entrou no galpão da empresa e flagrou os funcionários fazendo a mistura do fertilizante adulterado, que pode acabar prejudicando a lavoura do agricultor que adquirir o produto. “Uma equipe veio até o local por conta de denúncia e quando entrou já percebeu funcionários da empresa misturando uma substância com um corante avermelhado para poder vender o produto como cloreto. Esse produto falsificado acaba sendo usado pelo agricultor, que ao invés de fortalecer a terra, pode prejudicar a lavoura”, explica o delegado.

Cerca de doze funcionários da empresa, além do proprietário, também deverão ser ouvidos na delegacia. “O galpão vai ser interditado e iremos retirar amostras de todos os produtos. Os funcionários serão levados para a delegacia, ouvidos e posteriormente liberados. Eles podem vir a responder por crime, mas o dono deve ser responsabilizado em um primeiro momento”, disse Cássio.

O proprietário da empresa nega que adulterava os produtos e que as substâncias encontradas no suposto produto adulterado seriam utilizadas por todas as empresas do ramo. “Todas as empresas utilizam, não é uma especificação minha. Estamos no mercado há 20 anos, temos um departamento de controle de qualidade que atende cada consumidor e nunca houve uma queixa e acusação a respeito disso”, defendeu-se Tosta que disse estar chateado com a situação.

“Esse armazém está com os produtos todos de maneira separada. Então está bem tranquilo e nós só ficamos chateados com essa situação, mas é o direito deles quer nos ouvir e logo o perito vai vir aí”, disse o fabricante de fertilizantes.

Tosta foi encaminhado para a delegacia, onde fica à disposição da Justiça e será autuado em flagrante pelo crime de estelionato e crimes contra o consumidor.