Arrastão em ônibus gera pânico e assaltante aponta arma para criança especial

0
46



De acordo com uma testemunha, que preferiu não se identificar, a ação foi muito violenta e gerou pânico no ônibus. “Eles pediam os aparelhos e diziam que iam ‘estourar’ quem não colaborasse. O mais absurdo foi apontar a arma para as crianças, uma delas com necessidades especiais”, afirmou em entrevista à Banda B. “Logo depois, os dois ordenaram que o motorista parasse em uma esquina, para a fuga. Nesse momento, uma viatura do 20° Batalhão da Policial Militar viu toda a ação e prendeu os rapazes”, acrescentou.

Os homens foram levados à Central de Flagrantes, no bairro Portão.