Viúvo de grávida morta no Complexo do Lins posta despedida: ‘Nunca será esquecida’

0
45


Marcelo Ramos, viúvo da modelo e designer de interiores Kathlen Romeu, morta por bala perdida, nesta terça-feira, aos 24 anos durante um tiroteio entre policiais militares e bandidos no Complexo do Lins, na Zona Norte do Rio, postou uam despedida emocionada em seu perfil no Instagram, nesta quarta-feira. Ele mostrou uma foto da mulher com o teste de gravidez — ela estava com 14 semanas de gestação.

Marcelo e Kethlen Foto: Instagram / Reprodução

“Nunca será esquecida, meu amor. Você, a Maya/Zayon, sempre irão morar dentro de mim. Estou completamente sem chão. Às vezes é difícil entender a vontade de Deus, mas sei que você está melhor que nós. Aqui só vão ficar saudades e as lembranças de de você, a pessoa mais radiante que conheci na minha vida. Vou vencer por você. Que Deus me dê forças. Eu te amo eternamente”, escreveu ele.

Em vídeos postados nos stories, Marcelo pede que as pessoas respeitem a dor da família e não façam comentários de ódio.

“A mãe da Kath falou comigo hoje de manhã que está muito triste porque ela leu muitos comentários de pessoas que não têm coração. Peço: respeite a memória da Keth, não despejem ódio. Ninguém merece isso. Vocês não têm ideia do que a gente está passando. Do que a gente vai passar. Vai ser muito pior daqui para frente. Respeitem a dor da família, principalmente da mãe da Keth”, disse ele, emocionado.

O confronto no qual Kathlen foi atingida era entre policiais da Unidade de Polícia Pacificadora do Lins (UPP) e bandidos. Os PMs alegam que reagiram a um ataque. Segundo nota da corporação, a mulher foi encontrada baleada após o tiroteio. Kethlen chegou a ser levada para o Hospital municipal Salgado Filho, no Méier, mas chegou à unidade sem vida.

Em nota divulgada nesta quarta-feira, a PM informou que, paralelamente às investigações da Delegacia de Homicídios da Capital sobre a morte da modelo, a “Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) instaurou um procedimento apuratório para averiguar as circunstâncias do fato”.

Kathlen havia anunciado a espera pelo primeiro filho em um perfil nas redes sociais seis dias antes de morrer. No texto emocionado, ela fala das expectativas e experiências relativas à maternidade recém-descoberta. “Sabe aquela menina-mulher que as pessoas admiram e têm orgulho? Hoje ela quer ser mais e mais! Tudo por esse serzinho que eu carrego aqui dentro!”, escreveu.



Fonte: Fonte: Jornal Extra