“Virou rotina”: comerciante do Centro perde paciência com constantes invasões; vídeo

0
11


Um comerciante do centro de Curitiba está revoltado com a criminalidade da região. Em menos de um mês, pelo menos em duas vezes o estabelecimento dele foi invadido. Na noite desta quinta-feira (30), dois homens tentaram entrar no local, mas sem sucesso. Porém, para o empresário, ficaram os estragos na vitrine. Imagens de câmeras de segurança flagraram toda a ação dos homens (ver abaixo).

Momento da tentativa de invasão. Foto: Reprodução.

O comerciante André Cantador disse à Banda B que virou rotina os constantes furtos e roubos na região.

“Tem acontecido quase todo dia. Em uma questão de quatro, cinco quadras, quase todo dia isso aí. Todo dia um arrombamento, algum roubo ou algum furto. Está insuportável”

relatou.

Nesta última tentativa, os homens estragaram a vitrine do estabelecimento. “Chegamos no nosso estabelecimento e eles tentaram abrir o local com pé de cabra. A ação durou uns 20 segundos”, disse André. “Desta vez, eles estragaram uma porta, na parte da vitrine. Eles já conseguiram entrar duas vezes. Uma pela marquise e outro pelo portão. Furtaram toda fiação.”, completou.

Polícia Militar

A Polícia Militar falou sobre o caso por meio de nota. Leia o texto abaixo, na íntegra:

O bairro Rebouças recebe policiamento ostensivo e preventivo diuturnamente por parte do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM), e há reforço com as equipes especializadas do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e da Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM). A PM tem atendido as demandas que chegam ao 190 e ao aplicativo 190 PR, fazendo o devido encaminhamento quando é constatado crime em flagrante.

As pessoas devem denunciar os crimes e registrar o Boletim de Ocorrência nas delegacias de Polícia Civil nos casos já consumados, pois é a partir dessas informações que as estratégias de policiamento são readequadas para atender o cidadão onde ele mais precisa.

Texto da Polícia Militar

Vídeo

Imagens mostram o momento em que no mesmo mês um homem sobe em um prédio para furtar fio de cobre.





Fonte: Banda B