Suspeitos de participar de invasão ao Complexo do São Carlos são presos em lanchonete na Zona Sul

0
73

Três suspeitos de terem participado da invasão ao Complexo do São Carlos, no Estácio, foram presos por policiais da 14ª DP (Leblon) nessa segunda-feira em uma lanchonete em Copacabana, na Zona Sul do Rio. De acordo com o delegado titular da unidade, Antenor Lopes Martins Júnior, Davi Felippe de Britto Golçalves, 21 anos, vulgo Paquetá, Matheus Fernandes Ferreira, de 27, o Gringo, além de um adolescente de 17 anos, planejavam roubos nos bairros na região.

A 14ª DP investigava e monitorava o grupo, que foi encontrado com drogas. Todos são suspeitos de pertencer à maior facção criminosa do Rio.

Em um áudio encontrado pelos policiais no telefone de Paquetá, o rapaz propõe que um interlocutor saia para praticar roubos. “Vê aí se tu arruma um trem. Tem um carro aqui, uma peça (arma, segundo a polícia). Eu não vou não, se ligou? Mas se tu quiser ir dar uma roubada, tem um carro e tem as peças, mano. Só formar o trem, fechar um túnel”, afirma o homem, que segundo a polícia é Paquetá.

Paquetá em foto encontrada em celular Foto: Reprodução

Em seguida, ele faz referência a dois comparsas – Claudio Augusto dos Santos, o Jiló, chefe do tráfico no Morros dos Prazeres, e Cosme Roberto dos Santos, Macumba, antigo integrante do tráfico no Morro da Mineira, foragido desde o ano passado: ” Só ir lá pegar o carro com o Jiló. Pode pegar. Tá liberado. Só falar que o Macumba pediu para pegar o carro”.

Durante a tentativa de invasão no fim do mês passado, da qual o grupo é suspeito de participar, o objetivo era retomar o Morro da Mineira, antigo reduto da maior facção criminosa do Rio. Informações da Polícia Civil são de que traficantes saíram de comunidades como Rocinha, Pavão-Pavãozinho, Complexos do Alemão e da Penha para tentar assumir o controle da favela. Na ocasião, criminosos armados trocaram tiros com policiais na Lagoa Rodrigo de Freitas, na Zona Sul do Rio.

Gringo aparece em vídeo com fuzil
Gringo aparece em vídeo com fuzil Foto: Reprodução

Em outro vídeo encontrado no celular de Paquetá, o suspeito ironiza a vista no alto de de uma comunidade. “Muito lindo o Rio de Janeiro, aqui da terra dos alemão (sic)”, diz ele. Alemão, na gíria do tráfico, são criminosos de facções rivais.

Gringo, um dos presos, é um brasileiro, oriundo de Niterói, que morava em Orlando, na Flórida. Ele também aparece armado com um fuzil em um vídeo encontrado em um dos celulares apreendidos.


Fonte: Fonte: Jornal Extra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui