Suspeito de matar idoso de 96 anos em Curitiba é preso e diz que não se lembra do crime

0
21


O suspeito de invadir uma casa e matar um idoso, de 96 anos, no bairro Hauer, em Curitiba, neste domingo (24), foi preso em um bar no bairro Novo Mundo horas após o crime. A polícia chegou ao homem, nesta segunda-feira (25), através de uma denúncia anônima.

Segundo o soldado Renê, do Bope (Batalhão de Operações Especiais), uma mulher reconheceu o suspeito após a divulgação das imagens da câmera de segurança instalada na casa da vítima.

Câmera flagra suspeito de matar idosoFoto: Reprodução

“A equipe foi até o bar e o abordou. Um homem que estava com o suspeito se identificou como pai dele”, disse o soldado.

Ainda, após ter o documento consultado, os policias descobriram que ele tinha um mandado de prisão em aberto por roubo.

“As imagens ajudaram os familiares da vítima a reconhecê-lo por meio de um boné”, citou Renê. Um par de tênis usado no dia do crime também teria sido reconhecido.

Foto: Arquivo Pessoal

O soldado afirmou à reportagem da Banda B que o homem não resistiu à prisão. Na delegacia, ele teria explicado que esteva sob efeito de drogas durante três dias seguidos e que não se recorda do ocorrido.

Ele deve ser indiciado por latrocínio: roubo seguido de morte, segundo Renê.

A Delegacia de Furtos e Roubos investiga o crime.

Imagens

Horas após o assassinato, imagens do circuito de monitoramento da casa do idoso foram divulgadas. Uma das câmeras mostra o exato momento em que o criminoso pula o portão da casa da vítima e, depois de aproximadamente 20 minutos, deixa o local segurando uma sacola com diversos objetos.

 

 

Durante a fuga, o rapaz teve a blusa enroscada no portão e a deixou para trás. A perícia apreendeu a peça de roupa que tinha manchas de sangue, e impressões digitais devem ajudar na identificação do autor do crime.

Homicídio

Tadeu Wesguerber, de 96 anos, foi encontrado morto após um vizinho ter percebido uma blusa pendurada no portão da casa dele e acionado seus familiares. O crime aconteceu por volta das 8h30 deste domingo (24), no bairro Hauer, em Curitiba.

Foto: Djalma Malaquias/Banda B

O corpo do funcionário público aposentado foi encontrado em um quarto e apresentava vários sinais de violência. O suspeito teria usado uma tesoura para matá-lo.

De acordo com o tenente Requi, do 20º Batalhão de Polícia Militar, a casa estava violada e havia manchas de sangue em alguns cômodos.

Sepultamento

O velório e sepultamento de Tadeu aconteceu na Capela Municipal Água Verde, nesta segunda-feira (25).



Fonte: Banda B

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui