O sumiço de uma serra elétrica terminou em assassinato durante a madruga deste domingo (24), em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. De acordo com informações obtidas pela Banda B, a vítima Lourival de Alcântara acreditava que a ferramenta estaria com o autor do crime. A troca de acusações teria motivado a briga e posterior crime.

Preso, Fernando Henrique Cristóvão confessou a morte. Ele afirma que tentou apenas se defender. “Ele achava que eu tinha pego a ‘makita’ e pegou um pedaço de pau para eu confessar. Nisso, passou a ser ou eu ou ele. Foi então que peguei uma ferramenta do mesmo nível, para me defender”, disse em depoimento à polícia.

Segundo as investigações, Fernando teria atingido Lourival inicialmente com dois golpes de martelo. Na sequência, porém, ainda teria o atingido com vários golpes de chave de fenda no pescoço.

A Delegacia de Fazenda Rio Grande segue investigando o caso.