Uma mulher, de 40 anos, foi encontrada com ferimentos graves na cabeça e inconsciente em uma calçada na Rua José Ananias Mauad, no bairro Jardim Botânico, em Curitiba, na manhã desta quinta-feira (19). O que chamou a atenção é que no chamado de socorro uma pessoa disse que a vítima sofreu uma queda de bicicleta, mas, ao chegar no local, o Siate não encontrou a bike.

Foto: Eliandro Santana – Banda B

De acordo com o médico Márcio Nogarolli, a situação da mulher era bastante crítica.

“A vítima tem um trauma de crânio, não é um trauma grave mas existe uma lesão importante na face. Isso nos faz ficar preocupados com o que pode ter acontecido internamente […] Ela não está totalmente consciente e para nós é muito difícil avaliar. Ela está chorando, mas não é necessário entubar”, explicou à Banda B.

Os ferimentos graves e a falta de bicicleta no local causaram dúvidas sobre o que poderia ter acontecido com a vítima.

“Para nós do Siate a importância da cinemática, a história do acidente, é para que a gente possa avaliar a quantidade de energia envolvida no trauma. Quando a gente chega e constata o nível que essa energia causou de trauma na pessoa, para gente já não faz tanta diferença se foi uma bicicleta, outro veículo ou uma pessoa que bateu”, disse Nogarolli.

A mulher foi encaminhada ao Hospital Evangélico para realização de exames e diagnóstico.