Serial killer suspeito de assassinar jovens gays é preso em Curitiba

0
13


José Tiago Correia Soroka, de 33 anos, suspeito de ser o serial killer responsável pela morte de três jovens homossexuais, foi preso pela Polícia Civil na manhã deste sábado (29), em Curitiba. Ele estava em uma pensão no bairro Capão Raso.

Foto: Djalma Malaquias/Banda B

A delegada-chefe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Camila Cecconello, explicou que agora o suspeito será interrogado na delegacia. “Ele foi preso por policiais da DHPP por volta das 7h da manhã e está sendo encaminhado para a delegacia, onde ele vai ser interrogado sobre os fatos. E logo após, o delegado Thiago vai dar uma coletiva para passar mais detalhes sobre essa prisão e sobre o interrogatório do suspeito”, disse ela.

As vítimas do criminoso são David Júnior Alves Levisio, morto no dia 27 de abril, e Marco Vinício Bozzana da Fonseca, assassinado no dia 4 de maio, ambos na capital paranaense. Ele também é suspeito pela morte de Robson Olivino Paim, no dia 16 de abril, em Abelardo da Luz (SC).

Foto: Djalma Malaquias/Banda B

Ainda no dia 11 de maio, o homem tentou matar mais um homossexual, no bairro Bigorrilho, em Curitiba. Na ocasião, a vítima conseguiu resistir ao ataque, mas teve alguns bens subtraídos.

Modus operandi

Todas as vítimas eram homossexuais e moravam sozinhas. Os três homens foram encontrados mortos na cama de suas residências com sinais de asfixia e tiveram pertencentes subtraídos.

De acordo com as investigações, o serial killer marcava os encontros por aplicativos de relacionamento entre homossexuais. Em um primeiro momento, o indivíduo trocava fotos com as vítimas e posteriormente se deslocava até a residência, ao chegar no o local as estrangulava. Após o sufocamento as cobria com cobertas.





Fonte: Banda B