Sem salário havia 41 anos, idosa é resgatada em situação análoga à escravidão no Rio

0
16


Uma idosa de 63 anos foi resgatada na segunda-feira (25) de uma casa de família em Abolição, na zona norte do Rio de Janeiro, em situação análoga à escravidão.

A senhora fazia serviços domésticos havia 41 anos no local, sem receber salário. Segundo o MPT-RJ (Ministério Público do Trabalho do Rio), ela foi encontrada maltratada e desnutrida. Vizinhos afirmaram que já haviam visto a idosa catar comida do lixo.

De acordo com a procuradora do MPT-RJ, Viviann Britto, a senhora era obrigada a cuidar de um canil e capinar o terreno, inclusive em dias de calor. A idosa às vezes recolhia latinhas e vendia, mas a patroa ficava com o dinheiro.

Britto também afirma que a senhora contou que teve Covid-19 e que não recebeu o tratamento adequado, sofrendo com dores recorrentes. Ficou constatado, ainda, que a patroa sacou o auxílio emergencial da idosa e manteve os valores para si.