Primo de garota morta a tiros na RMC é preso por envolvimento no crime: ‘Emboscada’

0
93

O primo de Marcela Baldo, 19 anos, morta a tiros dentro da casa dele, no fim da madrugada desta sexta-feira (14), foi preso pela Polícia Civil de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Gabriel Aparecido Baldo de Jesus, 25, e a esposa dele Renata Galvão Franco, 22, estão sendo acusados de atrair Marcela e Andrei Rodrigues, 28, também morto a tiros, para a casa deles e depois contar ao traficante da região, inimigo de Andrei. Além do casal, outras três pessoas foram presas e um adolescente apreendido. A motivação do crime é uma antiga rixa. Marcela teria sido morta por queima de arquivo.

 

Marcela Baldo. Foto: Reprodução/Facebook

 

Marcela e Andrei foram mortos na casa do primo dela, na região do Jardim Aquários. Para a Banda B, horas depois do crime, Gabriel chegou a dizer que não sabia quem era o rapaz que estava com a prima dele e que tinha saído de casa com a esposa para comprar uma caixa de cerveja.

Investigação

O delegado de São José dos Pinhais, Fabio Machado, responsável pelas investigações, disse que ele e a esposa entraram em contradição nos depoimentos. “Os donos da casa (onde o crime aconteceu) deram algumas contradições nos depoimentos à polícia e a partir daí começam a investigar. Houve uma emboscada armada pelos donos da casa, o Gabriel e a Renata. Eles avisaram a um traficante local que o Andrei, inimigo dos traficantes, estaria na casa dele. Esse traficante foi até lá, se certificou que o rapaz estava mesmo lá e acionou outros dois e um menor de idade. Esse trio foi até lá usando máscara e executaram o casal com nove tiros”, detalhou o delegado, em entrevista à Banda B, na manhã deste sábado (15).

Segundo a perícia, Andrei foi atingido por quatro disparos de arma de fogo. Ele estava no quarto, deitado na cama e morreu na hora. Marcela foi morta com cinco, sentada no sofá da sala. Segundo familiares, Marcela era usuária de drogas e teria se envolvido com Andrei há poucos dias.

 

Jovens foram mortos na casa do primo de Marcela. Foto: Banda B

 

Suspeita

Para o delegado Fabio Machado, o que chamou atenção do depoimento do primo foi a ausência de dinheiro para sair de casa e comprar bebidas, motivo que o fez não estar em casa no exato momento do crime. “Ele disse que estava indo comprar bebida, mas não tinha um dinheiro sequer. Depois disse que foi até o traficante para comprar drogas, quem vai comprar drogas sem dinheiro? Voltou com uma quantia razoavelmente grande para quem não tinha dinheiro. Ficou claro que ele foi até lá para trocar a informação por uma quantidade de droga”, completou Machado.

Andrei seria uma antiga rixa dos traficantes da região. “Ele estava com tornozeleira, tinha saído há três meses da penitenciária e vivia monitorado. Essa rixa foi a motivação para o crime. A morte da Marcela foi queima de arquivo, segundo nossa linha de investigação, já que ela teria ido até a frente da casa e conversado com o traficante, quando ele foi até lá para ver se realmente se tratava do Andrei”, garantiu.

Prisões

Depois do casal, o primeiro a ser preso foi o homem apontado pela polícia como traficante na região. “Na casa dele, encontramos drogas, munição e ele também foi preso por tráfico de drogas. Depois fomos até uma biqueira, um ponto de venda de drogas, e encontramos um dos assassinos e o menor de idade, que participaram do crime. Também foram apreendidos drogas e dinheiro. O último suspeito, também conhecido por todos, foi preso em casa. Com ele, encontramos as máscaras usadas no crime e as armas – dois revólveres calibre 38”, finalizou o delegado.

Além do casal, foram presos Ariel Paraguaio, 45 anos, acusado de ser o traficante da região, Wagnerson Pottker, 28, e Paulo Ricardo dos Santos, 20. O adolescente que estava com a dupla também identificado e apreendido. Antes de fugir, segundo as investigações, ele teria furtado um tablet da vítima fatal Marcela.

Justiça

Os suspeitos foram autuados por associação criminosa, homicídio qualificado, porte de arma, tráfico de drogas e corrupção de menores. Todos eles negaram que cometeram o crime.

Publicado primeiro em Banda B » Primo de garota morta a tiros na RMC é preso por envolvimento no crime: ‘Emboscada’


Fonte: Banda B

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui