Preso segundo irmão apontado como autor de assassinato em posto de combustíveis

0
33


A Polícia Civil do Paraná e a Força Nacional de São José dos Pinhais prenderam, na tarde desta segunda-feira (21), Eduardo Ferreira Da Silva, de 30 anos, indiciado pelo homicídio de Ewerton Rodrigo Pinto, vulgo “Javali”, de 34 anos. O crime ocorreu no dia 12 de novembro deste ano no posto de combustíveis em São José dos Pinhais, no momento em que a vítima abastecia seu veículo.

Local do assassinato no dia 12.11.20 – Foto Banda B

Segundo as investigações,  Eduardo agiu junto com o irmão Diego Ferreira Da Silva, de 28 anos, e um terceiro indivíduo. O trio abordou a vítima no pátio do posto e o executou a tiros, fugindo em seguida. Câmeras de segurança de um posto de combustíveis registraram o momento do crime (Assista AQUI)

O carro utilizado no crime foi abandonado e incendiado. Próximo do veículo foi localizado o celular de Diego que levou a polícia a determinar a autoria do assassinato.

Diego, que já foi preso semana passada, responde por outros crimes. Já e Eduardo, que negou participação no crime em depoimento, não possui antecedentes.

Diego manteve-se em silêncio durante seu interrogatório. Um terceiro indivíduo que também participou do crime ainda não foi identificado.

Outro atentado

Segundo a polícia, Ewerton já teria sofrido outro atentado, três meses antes de sua morte.

“A vítima já tinha sofrido uma tentado ema gosto quando estava no aarro com a esposa e o filho. Foram vários tiros no carro e eles sobreviveram. Os autores foram reconhecidos como os mesmos que voltaram em novembro para terminar os erviço”, afirmou o delegado Fabio Machado.

Ambos os indiciados foram reconhecidos por testemunhas e responderão por homicídio qualificado pelo motivo fútil em razão de a motivação ter sido disputas pelo tráfico de drogas na região do Sítio Cercado, em Curitiba.

 



Fonte: Banda B