sexta-feira 17 setembro 2021 07:51:04
Início Na Mira da Lei Preso em Curitiba homem que fez empresário passar por “momentos de terror”...

Preso em Curitiba homem que fez empresário passar por “momentos de terror” no interior do Paraná

0
15


Um empresário passou momentos de terror na mão de três assaltantes em Telêmaco Borba, no interior do Paraná, e teve a caminhonete levada pelos bandidos, na última quarta-feira (25). Cinco dias depois do roubo, policiais militares conseguiram recuperar o veículo no bairro Pinheirinho, em Curitiba, e prenderam o homem que estava com a caminhonete, na noite desta segunda-feira (30). A Hilux já estava com a placa adulterada.

No dia do crime, os assaltantes rodaram por 24 horas com o empresário dentro do automóvel. Além disso, fizeram ele correr pelo mato enquanto atiravam para cima e o mantiveram em cárcere.

Automóvel recuperado nesta segunda-feira (30)|Foto: Banda B.

O capitão Gonçalves do 13.° Batalhão da Polícia Militar contou que a polícia recebeu a informação sobre onde estava o foi verificar a situação.

“Havia um carro que foi tomado de assalto e estava no bairro Pinheirinho. As equipes do 13º receberam a informação que o carro estava no bairro Pinheirinho. Fomos até o local para constatar o fato e diante do fato constatado foi chamado o setor de inteligência da PM para apoio. Esperamos o homem que estava em posse do veículo e e prisão em flagrante delito”.

Contou à reportagem.

O homem sofreu na mão dos assaltantes que, segundo o relato da própria vítima.

“Foi contatada a vítima, proprietária dessa caminhonete. O homem contou que estava na chácara, em Telêmaco Borba, e foi abordado por três indivíduos que foram muito violentos, rodaram com o homem e com carro durante 24 horas, mandaram ele correr e atiraram pra cima, amarraram ele no mato para não fugir”

Falou o capitão Gonçalves.

O homem que estava com o carro roubado foi encaminhado à Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos. Já o proprietário da Hilux ficou muito feliz em receber a notícia de que a caminhonete tinha sido recuperada, já que não tinha seguro.





Fonte: Banda B