quarta-feira 1 dezembro 2021 12:32:01
Início Na Mira da Lei Polícia segue marcas de sangue após assassinato e prende suspeita de ser...

Polícia segue marcas de sangue após assassinato e prende suspeita de ser mandante do crime

0
45


Um homem, ainda não identificado, foi morto a facadas no final da tarde desta quinta-feira (19), no Jardim Botânico, em Curitiba. O corpo da vítima foi encontrado no meio da avenida Comendador Franco e a suspeita de ser a mandante do crime foi presa.

O delegado Tito Lívio Barichello, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), foi ao local com uma equipe de investigação. “A vítima foi morta com inúmeras facadas e estava caída em plena BR. Verificamos que se tratava de um usuário de drogas e observamos um rastro de sangue levando até uma biqueira”, contou o delegado.

Foto: Colaboração

Os policiais seguiram o rastro e chegaram ao local de venda de drogas, onde estava uma conhecida da DHPP. “A dona da biqueira já tinha sido indiciada pela DHPP por homicídio e vários informantes nos disseram que a vítima foi esfaqueada ali e, realmente, havia sangue até no muro da biqueira”, relatou Barichello.

A mulher foi presa em flagrante pelo crime de homicídio qualificado. O delegado, porém, não acredita que ela tenha sido a executora, mas sim a mandante do crime. Ela nega as acusações.

Ele reforçou que a agilidade da polícia é imprescindível em investigação. “Como eu sempre digo, o tempo passa e a prova se esvai. Cada minuto no homicídio é importante. Nesse caso, se demorássemos perderíamos o rastro de sangue”, destacou.



Fonte: Banda B