Polícia prende Dão, chefe do tráfico do Morro da Providência, visitando a amante

0
47
Polícia prende Dão, chefe do tráfico do Morro da Providência, visitando a amante
Evanilson Marques da Silva, o Dão, é um dos bandidos mais procurados do Rio Foto: Divulgação

Apontado pela polícia como chefe do tráfico do Morro da Providência, no Centro do Rio, Evanilson Marques da Silva, o Dão da Providência, foi preso nesta segunda-feira, dia 4, por policiais da 33ª DP (Realengo). Dão estava numa casa no Morro do Pinto, ao lado da Providência, com a amante e seu filho. Na residência, foi encontrada uma arma de fogo calibre 9mm.

Contra Dão, havia sete mandados de prisão. Ele tem 39 anotações criminais, havendo 50 registros de ocorrência em seu nome. Segundo a polícia, Dão assumiu o controle das bocas de fumo da Providência depois que seu irmão, Leonardo Marques da Silva, o Sapinho, foi preso. Em abril de 2020, Sapinho morreu após ter um infarto durante uma partida de futebol no Instituto Penal Vicente Piragibe, no Complexo de Gericinó.

A pistola apreendida com Dão
A pistola apreendida com Dão Foto: Divulgação / Polícia Civil

Um dos mandados de prisão contra Dão foi em razão das mortes do soldado da Polícia Militar Marçal Teles de Brito e do cabo da Marinha Anderson da Silva Gomes, na Rua Sacadura Cabral, próximo à Avenida Venezuela, no Centro do Rio, em 2018. Os dois estavam em um pagode, na Pedra do Sal, e foram mortos por traficantes do Morro da Providência.

No ano de 2002, Dão, que foi fuzilleiro naval, foi investigado pelo Centro de Inteligência da Marinha (CIM) por envolvimento no ataque e roubo de um fuzil de um sentinela no 1º Distrito Naval, na Praça Mauá.

Fonte: Fonte: Jornal Extra