Polícia investiga corpo encontrado na Marambaia; janela do barco também foi encontrada

0
50


Um corpo foi encontrado na Restinga da Marambaia, em Barra de Guaratiba, na manhã deste domingo. A Polícia Civil investiga se pode ser de um dos ocupantes do barco onde estava o casal Cristiane Nogueira da Silva, de 48 anos, e Leonardo Machado de Andrade, de 50, desaparecidos em Angra dos Reis desde o último domingo, 22 de agosto.

Local na Restinga da Marambaia, em Barra de Guaratiba, onde foi encontrada a janela de um barco Foto: Editoria de arte

Uma pessoa da região que preferiu não se identificar disse que o corpo estava em avançado estado de decomposição:

— Pela localização da Restinga, é muito possível que o corpo que sumiu em Angra tenha se deslocado para ali. Mas certeza só averiguando, porque o corpo está em avançado estado de decomposição.

A polícia vai tentar fazer a identificação do corpo, que será resgatado da região. No local, só e possível chegar de barco ou helicóptero. Uma janela da embarcação também foi localizada. Ela estava boiando e foi encontrada por um pescador.

Guilherme Brito, filho de Cristiane, já foi informado sobre o corpo e a janela encontrados:

— A polícia já nos avisou. É a única informação que sabemos.

Local na Restinga da Marambaia, em Barra de Guaratiba, onde foi encontrado um corpo
Local na Restinga da Marambaia, em Barra de Guaratiba, onde foi encontrado um corpo Foto: Editoria de arte

Veja também: Polícia suspeita que barco que levava casal desaparecido em Angra afundou

Neste domingo, a família usou as redes sociais para pedir informações sobre Cristiane e Leonardo. Em seu perfil no Instagram, Guilherme disponibilizou alguns telefones para quem pudesse ajudar a polícia:

“Quem tiver informações que possam ajudar a polícia pode ligar para os telefones 185, número para emergências marítimas e pedidos de auxílio, (24) 3365-3355, diretamente com a delegacia de Angra dos Reis, ou enviar e-mail para [email protected]

Também é possível passar informações através do Disque-Denúncia, pelo telefone 0300-253-1177, ou pelo aplicativo “Disque-Denúncia RJ”. O anonimato é garantido.”

Neste sábado, o delegado Vilson de Almeida Silva, da 166ª DP (Angra dos Reis), acompanhou os trabalhos e explicou que, apesar de nenhuma hipótese ser descartada, para a polícia, a possibilidade mais próxima é de que a embarcação tenha afundado. Segundo ele, a traineira em que o casal estava, pelo tamanho que tem, não é obrigada a ter um chip localizador, o que é um dificultador.

Pedido de orações

Guilherme Brito publicou um vídeo no Instagram em que pede orações pelo ex-companheiro de sua mãe, Leonardo Machado de Andrade. Os dois estão desaparecidos desde que saíram em um barco para ver o pôr do Sol em Angra dos Reis no último domingo e não retornaram.

No vídeo, Guilherme afirma que tem recebido muitas mensagens de apoio e oração pela mãe dele, e pediu que as pessoas rezassem também pelo ex-companheiro dela. A viagem do casal, que estava separado, era uma tentativa de reconciliação.

— Peço que rezem para o Leonardo também, para ele estar bem, saudável, porque minha mãe, apesar de ser muito forte, não saberia sobreviver na mata, não saberia sobreviver no mar — disse o rapaz.

Investigação: Polícia ainda não tem pistas sobre embarcação em que estava casal que desapareceu em Angra

Guilherme tem acompanhado de perto as buscas dos bombeiros pelo paradeiro do casal. Segundo a Polícia Civil, apesar de não terem encontrado indícios da embarcação ainda, a hipótese mais próxima é de que o barco tenha afundado.

O barco em que o casal estava era uma traineira que já havia pertencido a Leonardo. Ele pegou o barco emprestado para que ele e Cristiane fossem à Lagoa Verde assistir ao pôr do sol. Os dois saíram da Praia da Longa, em Ilha Grande.



Fonte: Fonte: Jornal Extra