Polícia faz apreensão recorde de 168 mil aparelhos de TV Box e estima prejuízo acima de R$ 100 milhões à milícia

0
24


Em mais uma operação conjunta da Polícia Civil, através da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e auditores da Receita Federal, agentes apreenderam 168 mil aparelhos de TV Box importados de forma irregular no porto de Itaguaí, na Baixada Fluminense, nesta quarta-feira. O número é recorde no país. De acordo com os investigadores, o dispositivo é vendido no mercado e usado por criminosos, principalmente milicianos, para distribuir sinal de TV pirata via internet, num sistema conhecido como IPTV.

— Esse é mais um duro golpe nas milícias que atuam no estado do Rio de Janeiro, uma vez que ocorre a desarticulação de um importante braço financeiro do crime organizado, representando um prejuízo superior a R$ 100 milhões apenas as apreensões decorrentes da operação de hoje (quarta-feira) — comentou Fabrício Oliveira Pereira, delegado titular da Core.

Policiais encontraram grande carga do aparelho, que entrou de forma ilegal no Rio de Janeiro Foto: Divulgação

De acordo com a polícia, a carga foi localizada após intensa troca de informações e um trabalho de integração entre as polícias Civil e Federal e Receita Federal, em continuidade a ações realizadas para apreender equipamentos eletrônicos irregulares e coibir a prática deste tipo de crime.

Em duas semanas, mais de 120 mil aparelhos já tinham sido apreendidos em portos do Rio, em Resende, no interior do estado, e Itaguaí.

Policiais e agentes da Receita encontraram milhares de aparelhos de diversos modelos que são usados para piratear canais de TV
Policiais e agentes da Receita encontraram milhares de aparelhos de diversos modelos que são usados para piratear canais de TV Foto: Divulgação



Fonte: Fonte: Jornal Extra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui