Polícia encontra carro de técnica de enfermagem assassinada e prende dois suspeitos

24

O Gol ano 2014 de cor branca, que seria da técnica de enfermagem Vanessa Aparecida de Carvalho, de 32 anos, foi localizado pela polícia na manhã desta quarta-feira (24). A mãe da profissional de saúde encontrou a filha morta na manhã desta segunda-feira (22), depois dela passar o fim de semana sem dar notícias. O veículo havia sido roubado pelo autor do assassinato. Dois suspeitos foram presos pela polícia.

O delegado Victor Menezes, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), disse que três pessoas estavam dentro do carro da técnica. “Os três foram conduzidos até a DHPP. O condutor do veículo foi trazido pelo crime de receptação, enquanto os outros dois vieram como testemunhas”, explica o delegado.

(Foto: Reprodução)

Após realização de perícias no Gol apreendido, os investigadores descobriram outro crime. “Haviam drogas no interior do veículo. A moça tinha um cigarro de maconha que iria consumir com o motorista. O motorista guardava certa quantidade de cocaína embaixo do banco dele e o outro rapaz no banco de trás assumiu a posse de 60 pedras de crack”, revelou Menezes.

A mulher assinou um termo circunstanciado por posse de droga para consumo pessoal, enquanto o passageiro no banco de trás foi autuado pelo crime de tráfico de drogas.

O motorista, além do crime de receptação, foi autuado em flagrante também pelo crime de tráfico de drogas.

Menezes esclareceu ainda que, por enquanto, não há nada que comprove a ligação dos três detidos com o assassinato da técnica de enfermagem. “Não se verificou até agora a ligação desses elementos com o homicídio, mas sabe-se que o suspeito do homicídio foi quem passou esse veículo para o motorista”, disse.

Os dois homens estão presos e a mulher foi liberada. A DHPP segue investigando a autoria do assassinato de Vanessa. Ainda não se sabe se o crime trata-se de um latrocínio, que é o roubo seguido de morte, ou tem motivação passional.


Fonte: Banda B