quinta-feira 29 julho 2021 08:32:48
Início Na Mira da Lei PM sai para atender o que seria caso de atropelamento e encontra...

PM sai para atender o que seria caso de atropelamento e encontra suposta vítima de homicídio

0
15


Acionada para atender uma possível ocorrência de atropelamento, na noite deste domingo (11), em Curitiba, a polícia acabou encontrando o corpo de um homem sem vida sobre a calçada, supostamente vítima de homicídio.

O corpo foi encontrado na Rua Brigadeiro Franco, próximo ao cruzamento com a Rua Porthos Velozo, no Parolin.
Foto: Divulgação.

O caso aconteceu na Rua Brigadeiro Franco, próximo ao cruzamento com a Rua Porthos Velozo, no bairro Parolin, por volta das 20h. A vítima tinha entre 30 e 35 anos.

Segundo a tenente Morgana, do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), não foram constatados indícios de atropelamento, como marcas de pneu na pista.

“Não havia veículo, nem testemunhas no local que afirmassem que essa vítima foi atropelada”, diz.

Diante disso, explica a tenente, o caso foi repassado para o Batalhão de área. “Em um primeiro momento configura homicídio. Posteriormente, a Polícia Civil faz investigações e diligências, para verificar qual foi a real causa dessa morte.”

Vídeo





Fonte: Banda B