Pastor é preso ao confessar ter abusado de uma menina de 12 anos



O pastor Luiz Alberto Pacifico Soares, de 38 anos, foi preso na segunda-feira (25), após confessar manter relações sexuais com uma menina de 12 anos, que frequentava uma igreja evangélica em Itanhaém, no litoral de São Paulo. De acordo com o homem, o envolvimento com a menina acontecia há aproximadamente dois meses. As informações são do G1.

Conforme a Polícia Civil, o caso veio à tona após duas testemunhas denunciarem o crime. O homem teria contado a elas sobre as relações com a menina. Luiz é casado, tem uma filha, e a família não sabia sobre o envolvimento dele com a menor.

Após a denúncia, policiais foram até a casa da vítima. A mãe conversou com a filha, que confirmou a situação, afirmando ter mantido relações sexuais, sem preservativo, com o pastor em dois encontros. O pastor se encontrava com a menor nos fundos de uma casa em construção, que fica em frente à residência da vítima.

Em depoimento à polícia, o homem acabou confessando o crime. O caso foi encaminhado ao Ministério Público, que expediu o mandado de prisão preventiva contra ele. Luiz foi detido e encaminhado à cadeia pública de Peruíbe.



Fonte: Arquivo de Policial