Pastor é preso acusado de estuprar enteadas e fiéis na Zona Oeste do Rio de Janeiro

Um pastor suspeito de abusar sexualmente de fiéis foi preso preventivamente nesta quinta-feira na comunidade de Antares, em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio. De acordo com a Polícia Civil, que realizou a prisão, o homem também é suspeito de ter abusado das duas enteadas menores de idade, que teriam três e oito anos à época dos abusos.

As investigações apontaram que o pastor usava de sua posição de líder espiritual para abusar das frequentadoras de sua igreja. De acordo com os policiais, os crimes cometidos contra as crianças teriam ocorrido em 2014 e 2018. O homem responderá pelos crimes de violação sexual mediante fraude.

Na segunda-feira, agentes da 35ªDP (Campo Grande) prenderam o pastor evangélico Adalberto dos Santos Silva, de 47 anos, acusado de ser um estuprador em série. Segundo o delegado, Vilson de Almeida, responsável pela prisão, ele utilizava uma Kombi para enganar mulheres se passando por motorista de transporte alternativo e levava as mulheres para uma área de mata onde as violentava.

De acordo com a Polícia Civil, em duas das ocasiões Adalberto ainda teria roubado as vítimas após o estupro. Ao ser preso, o homem disse ser Pastor Evangélico e que o caso não passaria de “um mal entendido com ex-mulher”.






Fonte: Cabo Frio em Foco