Para fugir de abordagem, suspeito abandona carro em movimento e morre em confronto com a polícia

0
9


Um homem morreu após entrar em confronto com a Polícia Militar (PM), no inicio da tarde desta quinta-feira (23), em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Segundo a PM, ele estava junto de um comparsa em um Creta com alerta de furto desde as 10h da manhã. O segundo envolvido, inicialmente, conseguiu escapar dos policiais, mas foi encontrado e também acabou sendo atingido.

O local do confronto. Foto: Marcelo Borges/Banda B

A tenente Anahy, do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), afirmou que uma equipe policial, que estava à procura de um outro veículo roubado, percebeu uma ação suspeita da dupla no Creta. Eles passaram pela equipe no bairro Guatupê, local do confronto.

“Então, a equipe tentou realizar a abordagem ao veículo que fugiu. Por aqui, nas proximidades do local onde o carro está parado, eles desceram, deixaram o veículo em movimento, e adentraram à mata. Já no início, um deles entrou em confronto com a equipe”, explicou à Banda B.

O local do confronto. Foto: Marcelo Borges/Banda B

O Creta que estava em movimento foi parado pelos próprios policiais que realizaram a abordagem. Com a fuga do outro suspeito, foi necessário o acionamento do helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) e do Canil da PM, para encontrá-lo.

“Os cachorros não chegaram a entrar nesta área de mata de difícil acesso, porque os policiais o encontraram antes”, disse a tenente em relação ao suspeito que sobreviveu a troca de tiros. “A gente apreendeu o armamento usado pela dupla, além de recuperarmos o veículo roubado”, completou.

O helicóptero do BPMOA sobrevoa o local para encontrar o segundo envolvido no confronto. Foto: Marcelo Borges/Banda B

O Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo do suspeito que não resistiu aos ferimentos. Por sua vez, o Siate do Corpo de Bombeiros foi acionado para levar o comparsa a um hospital.

Vídeo

O repórter Marcelo Borges esteve no local e acompanhou o trabalho da polícia.





Fonte: Banda B