Mulheres são presas suspeitas de chefiarem esquema de distribuição de drogas na Grande Curitiba

0
9


Duas mulheres foram presas, na tarde do último sábado sábado (11), suspeitas de abastecerem pontos de venda de drogas em Curitiba e região metropolitana. A prisão aconteceu em Campina Grande do Sul.

Segundo delegado Tiago Wladyka, as investigações se iniciaram em Araucária, quando outros traficantes foram presos pela delegacia do munícipio. Após diligências, Wladyka e sua equipe identificaram uma central de distribuição de drogas em Campina Grande do Sul.

“Com o mandado de busca e apreensão, nós entramos na residência e apreendemos droga e munição de pistola calibre 380”, iniciou à Banda B. “Foram mais de 50 quilos (kg) de maconha, 800 gramas (g) de cocaína, distribuída em vários pinos, e mais pedras de crack”, explicou Wladyka.

O depósito, segundo a polícia, era discreto e trata-se de um apartamento em um condomínio. Na hora, inclusive, de acordo com a Polícia Civil, os próprios moradores do prédio ficaram surpresos com a chegada da polícia. Um deles, que não quis ser identificado, disse que nunca tinha percebido qualquer ato suspeito, nem sequer barulho.

Wladyka disse que a finalidade exclusiva do apartamento era, exclusivamente, o armazenamento das drogas.

“Não existia a venda das drogas ali. Eles buscavam o material e o distribuíam para a Grande Curitiba. As mulheres são moradores de Colombo e iam, diariamente, fazer a separação dessa droga antes da distribuição”, completou o delegado.

As mulheres foram presas por tráfico de drogas e associação ao tráfico e foram encaminhadas para delegacia de Araucária, onde foram autuadas em flagrante.

*Com informações da Polícia Civil





Fonte: Banda B