‘Muito triste’, diz mãe de Nego do Borel sobre desaparecimento do filho; policiais fazem buscas nesta terça-feira

0
6


O delegado Luiz Maurício Armond, titular da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), mandou uma equipe de sua delegacia a Itacuruçá, distrito do município de Mangaratiba, município da microrregião de Itaguaí, após informações que Leno Maycon Viana Gomes, o Nego do Borel, poderia estar na região. Na manhã desta terça-feira, os investigadores estão em marinas da localidade em busca de pistas que possam levar ao paradeiro do cantor.

A mãe do artista, Roseli Viana Pereira, registrou o desaparecimento do filho na segunda-feira, após não conseguir mais contato com ele desde a tarde. Nesta terça, ela se limitou a dizer, por mensagem à reportagem do GLOBO, que está “muito triste” pelo acontecimento.

Veja fotos do cantor Nego do Borel

Roseli e o assessor do funkeiro, Anderson Faria, chegaram à Delegacia de Descobertas Paradeiros (DDPA) para prestarem depoimento no fim da manhã desta terça-feira. Agentes da especializada também fazem buscas.

— Determinei que eles fossem até lá após as informações que chegaram que ele (Nego do Borel) estaria na região. No entanto, até agora nada foi encontrado — disse o delegado.

Armond afirmou que não há condições de navegação, já que chove bastante na região. Ele afirmou que, até o momento, não há informações de que o cantor esteve na região recentemente, que se hospedou ou saiu de lancha para o alto-mar.

Violência: Policial Civil é encontrado morto na Zona Oeste do Rio; testemunha diz à PM diz que traficantes o obrigaram a retirar o corpo de comunidade

Depoimentos

A delegada Ellen Souto, titular da DDPA, vai ouvir Roseli nesta terça-feira. A delegada quer saber da mãe do artista o que aconteceu para que o funkeiro deixasse a residência e desaparecesse. Às 11h15m, ela chegou à delegacia. Chorando, e acompanhada de um advogado, ela não quis falar com os jornalistas. Os agentes da especializada já estão fazendo buscas em possíveis locais em que o cantor possa estar.

Anderson Faria, assessor do cantor Nego do Borel, chega para prestar depoimento Foto: Maria Isabel Oliveira / Agência O Globo

O assessor do cantor, Anderson Faria, foi intimado a prestar depoimento na DDPA. Ele recebeu mensagens do funkeiro instantes antes do desaparecimento.

— A gente está muito triste com o que está acontecendo. Eu estava em casa quando eu fiquei sabendo que ele havia sumido. Só fiquei sabendo da carta quando eu fui lá na casa dele — lembrou Anderson Faria, ao chegar para prestar depoimento. — Estamos tão surpresos como todo mundo. Eu fiquei sabendo de casa. Eu corri para casa dele, mas ele já não estava mais. A gente está muito esperançoso para que nada demais tenha acontecido. A gente está atrás dele.

Bebida minutos antes do acidente: Justiça: bombeiro que, embriagado, atropelou e matou ciclista terá que fazer exame de dependência toxicológica

— Diligências estão acontecendo neste momento. Eu tenho que ouvir a mãe e outras pessoas para entender o que aconteceu. Precisamos ouvi-la — disse a delegada.

Em depoimento na distrital, Roseliinformou que, na manhã de segunda-feira, o artista, chorando, disse que sairia de casa. Depois, ele ligou para um assessor agradecendo por tudo, “como se tivesse se despedindo”.

Na mensagem enviada ao assessor, Nego do Borel escreveu: “Obrigado por tudo, você é f…, foi f…, mas eu não estou aguentando a pressão, estou com depressão”.

Expulsão de programa

Em setembro, o funkeiro foi expulso do programa “A Fazenda”, da TV Record, depois de ser acusado de estupro de vulnerável contra a modelo Dayana Mello, outra participante do reality show. Ele está sendo alvo de uma investigação pela Polícia Civil de São Paulo pelo crime.

Fotos: Polícia Civil investiga Nego do Borel por ‘suspeita de estupro de vulnerável’ contra Dayane Mello

Ao deixar o programa, ele gravou um vídeo dizendo que foi injustiçado: “Eu dormi do lado de uma pessoa, sim, alcoolizada. Eu tava querendo ficar com ela, e ela querendo ficar comigo. Isso não começou ali, já tinha uma história. Vocês podem ver que depois da noite, na piscina, ela fala que quer dormir comigo de novo. Eu não estou entendendo. Vou acabar tirando a minha vida, não estou blefando, estou falando do fundo do meu coração. Estou querendo saber o que fiz para merecer tanto ódio, estou sendo chamado de bandido. Amigos me abandonaram, não quiseram me escutar”.

Nas imagens, divulgadas em seu perfil no Instagram, ele ameaçou cometer suicídio: “Mano, eu vou acabar tirando a minha vida. Eu não tô blefando, eu to falando do fundo do meu coração. Eu tô sendo tachado como bandido. Pô, eu nunca roubei ninguém, não mato. Tô querendo saber o que eu fiz pra merecer tanto ódio. Eu to tomando porrada de todo mundo: amigos que me abandonaram, que não querem me escutar, mulheres que não se aproximam de mim. Eu não sou um santo, eu tenho meus problemas, mas eu tô cuidando disso. Mas se eu fosse um bandido, tudo o que eu fui acusado, era pra eu estar preso. Vamos esperar a polícia apurar tudo. Eu não sei mais o que fazer, meu coração tá despedaçado”, disse.



Fonte: Fonte: Jornal Extra