Motorista envolvido em acidente que deixou crianças feridas na RMC diz à polícia que amigo dirigia o carro

0
16


O motorista envolvido no acidente que deixou duas crianças em estado grave, na noite desta quinta-feira (15), em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, foi preso em flagrante e autuado por lesão corporal culposa qualificada. O suspeito, segundo a polícia, apresentava visíveis sinais de embriaguez e negou que estava dirigindo.

Foto: Colaboração

Segundo informações do delegado Henrique Hoffman de Castro, o motorista do veículo Prisma negou a autoria do crime e deu uma versão “inverossímil”. “Ele disse que era um amigo que estava dirigindo, que teria fugido após o acidente, porém não apresentou o nome completo dele nem o paradeiro”, disse o delegado à Banda B.

Apesar de ter se recusado a fazer o teste de bafômetro, o condutor apresentava sinais de embriaguez, conforme explicou o delegado. “Isso não impede de ocorrer a prisão em flagrante, já que foi constatado que ele estava com os sinais alterados”, continuou Castro.

Além da autuação por lesão corporal, o suspeito pode responder por homicídio caso alguma das vítimas do acidente morra.

Foto: Colaboração

“A Polícia Civil vai concluir o inquérito e encaminhá-lo à Justiça para que ele possa ser responsabilizado”, concluiu o delegado.

Acidente

O acidente aconteceu em um trecho da BR-277, em frente à Academia Policial Militar, no bairro Guatupê, em São José dos Pinhais. O veículo Prisma, conduzido pelo motorista embriagado, bateu contra a traseira de um Renault Symbol, que era ocupado por cinco pessoas, e capotou.

Foto: Colaboração

Duas crianças, de 5 e 7 anos, que estavam no carro, foram ejetadas para fora do veículo. Ambas foram socorridas em estado grave ao Hospital do Trabalhador, em Curitiba. Outros dois ocupantes tiveram ferimentos mais leves, de acordo com informações de Castro. Apenas uma pessoa não se feriu.

No veículo do motorista embriagado, os bombeiros que atenderam à ocorrência encontraram latas e garrafas de bebidas alcóolicas já vazias.





Fonte: Banda B