Mestre de obras é encontrado morto com pés e mãos amarrados; jovem affair é principal suspeita

53

Após diversas tentativas de contato por parte da família, o mestre de obras Ernesto Cessi, de 59 anos, foi encontrado morto dentro do banheiro da própria casa, na tarde desta sexta-feira (22). Ele morava sozinho em um sobrado na rua Oscar Hilbert, no bairro Boqueirão, em Curitiba. Ele teria sido assassinado e a Delegacia de Homicídios (DHPP) já conta com informações que podem esclarecer o caso a qualquer momento.

(Foto: Marcelo Borges/Banda B)

A delegada Tathiana Guzella revela que a vítima mantinha um relacionamento com uma jovem que saiu recentemente do sistema prisional. Ela é a principal suspeita do crime. “Temos a informação de que ele estava se comunicando com uma mulher muito mais jovem, recém-saída do sistema prisional. Estamos atrás dessa moça, inclusive quem tiver qualquer notícia sobre ela pode denunciar pra nós”, diz a delegada.

O carro, um microondas e outros objetos da vítima foram levados pelos autores. Para a polícia, tudo aponta para um caso de latrocínio, que é o roubo seguido de morte. Ernesto estava com as mãos e os pés amarrados.

“Ele foi morto de forma macabra, com mãos e pés amarrados. Agora vamos aguardar os laudos do IML para verificar a profundidade das lesões que ele sofreu”, explica Guzella.

Apesar das suspeitas, a real motivação do crime ainda está sendo apurada e não há nada confirmado.


Fonte: Banda B